Automóvel Lamborghini celebrizado pelos Jamiroquai é posto à venda

Lamborghini celebrizado pelos Jamiroquai é posto à venda

Lamborghini Diablo que pertenceu a Jay Kay, vocalista da banda inglesa, já foi estrela em vídeos da banda. Agora chegou ao mercado, com um preço superior a 600 mil euros.
A carregar o vídeo ...
Negócios 02 de agosto de 2017 às 14:30
É um automóvel que deixou marca na música. O Lamborghini Diablo que pertenceu a Jay Kay, vocalista dos Jamiroquai, foi posto agora no mercado, tendo ficado famoso depois de ter sido uma das estrelas do vídeo da música de "Cosmic Girl", de 1996.

O preço pedido ronda os 615 mil euros, justificado pela qualidade do veículo e pela sua raridade. Não só fez parte da colecção pessoal de Jay Kay como é um dos únicos 16 modelos com volante à direita, como é regra no Reino Unido.

A Amari Supercars, da cidade inglesa de Preston, é quem está a vender o carro, depois de, curiosamente, o ter vendido inicialmente ao vocalista dos Jamiroquai - banda que actua esta semana no Festival Sudoeste. Depois disso, o carro já teve dois donos, tendo sido comprado de novo pela Amari.

Este Lamborghini Diablo violeta foi um de dois utilizados no vídeo de "Cosmic Girl". O primeiro sofreu um acidente, levando Jay Kay a utilizar o seu próprio carro nas filmagens. Mas a saga não ficou por aí, já que uma câmara caiu em cima deste automóvel, partindo o pára-brisas. Sem mais carros iguais, Jay Kay continuou as filmagens num Lamborghini sem protecção contra o vento.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar