Desporto Lance Armstrong perde recurso e enfrenta acção judicial no valor de 100 milhões

Lance Armstrong perde recurso e enfrenta acção judicial no valor de 100 milhões

O ciclista americano viu um juiz federal rejeitar bloquear uma acção judicial interposta pelo Governo federal que levará Armstrong ao banco dos réus pela admissão de fraude para vencer múltiplos títulos da Volta à França em bicicleta. Armstrong enfrenta o pagamento de 100 milhões de dólares.
Lance Armstrong perde recurso e enfrenta acção judicial no valor de 100 milhões
Reuters
Negócios 15 de fevereiro de 2017 às 12:00

O antigo ciclista norte-americano, Lance Armstrong, viu, na passada segunda-feira, um juiz federal americano recusar interromper a acção judicial através da qual o Governo dos Estados Unidos exige ao ex-atleta o pagamento de 100 milhões de dólares por fraude.

 

O antigo companheiro de equipa de Armstrong na US Postal havia interposto uma acção judicial com o objectivo de bloquear a acção que havia sido iniciada pelo Governo depois de, em 2013, o ex-ciclista ter admitido o recurso a substâncias ilegais (doping) para conquistar sete títulos consecutivos da mais prestigiada prova de ciclismo mundial (Volta à França).

 

Armstrong viu estes títulos serem-lhe retirados e foi também penalizado financeiramente ao perder os seus principais patrocinadores e ser obrigado a pagar mais de 10 milhões de dólares resultantes do pagamento de compensações e acordos alcançados nos tribunais.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
}
pub