Banca & Finanças Líder do Bankinter afasta novas aquisições em Portugal

Líder do Bankinter afasta novas aquisições em Portugal

A presidente do Bankinter fez um balanço muito positivo dos primeiros nove meses da operação em Portugal, revelando que o objectivo é crescer organicamente no mercado português e não pela via das aquisições.
Líder do Bankinter afasta novas aquisições em Portugal
Miguel Baltazar
Lusa 26 de janeiro de 2017 às 12:06
"O balanço é enormemente positivo. Comprámos um negócio saneado com excelentes equipas. Esta é uma aposta de longo prazo. Queremos crescer em Portugal", disse Maria Dolores Dancausa na conferência de imprensa de apresentação de resultados do banco, em Madrid.

Questionada sobre se o Bankinter pretende crescer de forma orgânica ou através de aquisições de outros bancos ou de carteiras de negócio, a gestora revelou que neste momento não há novos negócios no radar do banco espanhol.

"Creio que não vamos adquirir. Estamos satisfeitos com a operação que temos em Portugal e estamos centrados na integração das unidades", afirmou, reforçando que o objectivo é crescer através do "negócio orgânico" e que não está previsto fazer aquisições.

A responsável disse também que o Bankinter não estudou a compra do Banif, que foi adquirido pelo Banco Santander Totta, nem entrou na corrida pelo Novo Banco, cujo concurso de venda está a decorrer.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub