Banca & Finanças Líder do CaixaBank vem a Lisboa assinalar sucesso da OPA ao BPI

Líder do CaixaBank vem a Lisboa assinalar sucesso da OPA ao BPI

Gonzalo Gortázar estará esta quarta-feira em Lisboa para assinalar o sucesso da OPA do CaixaBank sobre o BPI. Líder do grupo catalão apresenta resultados da oferta ao lado de Fernando Ulrich.
Líder do CaixaBank vem a Lisboa assinalar sucesso da OPA ao BPI
Reuters
Maria João Gago 07 de fevereiro de 2017 às 16:46
O presidente do CaixaBank, Gonzalo Gortázar, estará esta quarta-feira, 8 de Fevereiro, em Lisboa para assinalar o sucesso da oferta pública de aquisição (OPA) sobre o BPI, sabe o Negócios. O banqueiro espanhol apresentará os resultados da operação numa conferência de imprensa ao lado de Fernando Ulrich, numa conferência de imprensa conjunta dos dois bancos.

A OPA do CaixaBank terminou esta terça-feira, pelas 15:00, hora limite para a transmissão de ordens de venda das acções. Ao que o Negócios apurou, o grupo catalão passou a controlar mais de 50% do banco liderado por Fernando Ulrich, limiar mínimo para assegurar o sucesso da oferta.

 

Os resultados finais da OPA só serão apurados nas próximas horas, sendo apresentados esta quarta-feira na sessão especial de bolsa que tem lugar pelas 16:30 na sede da Euronext Lisboa, na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

 

Os presidentes executivos dos dois bancos, Ulrich e Gortázar, só estarão presentes na conferência de imprensa agendada para as 18:00 e que decorre na Sala de Risco, do Turismo de Lisboa, na Rua do Arsenal, em Lisboa. O encontro com os jornalistas foi convocado pelo BPI e pelo CaixaBank.

 

Nesta conferência de imprensa, o presidente do grupo catalão deverá abrir o jogo relativamente ao que vai mudar no BPI depois de o CaixaBank assumir o controlo efectivo da instituição, designadamente sobre se pretende manter Fernando Ulrich como presidente do banco. Foi isso mesmo que Gortázar prometeu fazer quando, há menos de uma semana, na apresentação dos resultados anuais da instituição catalã, recusou dar pormenores sobre o futuro do BPI.

 

Na última quinta-feira, em Barcelona, o presidente do CaixaBank defendeu que a equipa de gestão de Fernando Ulrich "fez um trabalho magnífico" no BPI "durante uma crise muito dura" como a que se viveu nos últimos anos. No entanto, questionado sobre se pretendia reeleger Ulrich, Gortázar recusou fazer comentários, remetendo mais informação para a próxima semana, após o desfecho da OPA.


(Notícia actualizada às 17:03)

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Curoka 07.02.2017

Olá malta fixe
Criador de Touros já que és um acionista bcpato de longa data
Estás a pensar ir ao próximo aumento de capital do Bcp?
Eu sinto a tua paixão, amor por este banco
BN

comentários mais recentes
Anónimo 07.02.2017

Penso que a Isabel dos Santos fez uma boa operação, fica com o BFA. Espero k não deixe o mercado português, é Bem-Vinda. Em relação ao LaCaixa (Banco Catalão) mas parece-me que o Presidente pelo apelido deve ter ascendência Vasca, não brincam com dinheiro. Não vamos ter Caldos e Calotes tipo BES.

Outro? 07.02.2017

Vira pra lá isso seu Kuroca .....outro aumento de capiçal no BCP ?

surpreso 07.02.2017

Talvez fazer uma oferta pelo Novo Banco?..As grandes empresas querem ter pés fora da Catalunha,em face da idiotice politica que por lá anda

Curoka 07.02.2017

Olá malta fixe
Criador de Touros já que és um acionista bcpato de longa data
Estás a pensar ir ao próximo aumento de capital do Bcp?
Eu sinto a tua paixão, amor por este banco
BN

pub
pub
pub
pub