Gestão e Gestores Lisa Bodell: “Empresas baralham os funcionários com contradições”
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Lisa Bodell: “Empresas baralham os funcionários com contradições”

A CEO da Future Think, que a 6 de Fevereiro vem à Porto Business School Grand Conference, explica como os gestores podem antecipar o futuro e devem estimular o processo de inovação nas empresas.
Lisa Bodell: “Empresas baralham os funcionários com contradições”
António Larguesa 01 de fevereiro de 2017 às 10:23

A autora do livro "Kill the Company: End the Status Quo, Start an Innovation Revolution" lembra que "as empresas que têm sucesso a inovar fazem as coisas da forma mais minimalista possível". Em entrevista ao Negócios, a reputada "futurista",

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Isto são conferencias para os Gestores e Directores ou Administradores de RH passarem um bocado de tempo e fica bem no currículo.
Depois disso é esquecer.
Conheço uma empresa cuja equipa de IT era fenomenal enquanto os directores com o consentimento da Administração não a destruíram não descansaram, a empresa agora anda um confusão mas arranjaram técnicos baratos, não fazem é contas ao tempo que não se trabalha por falhas técnicas.
Mas esta-se bem. Portugal e as suas Gestões empresariais no seu melhor.

Ciifrão Há 3 semanas

Ela baralha os gestores nestas conferências, suponho bem pagas.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub