Aviação Lisboa e Porto podem estar na rota da Joon, a companhia dos "millennials"

Lisboa e Porto podem estar na rota da Joon, a companhia dos "millennials"

A nova marca lançada pela Air France-KLM, dirigida a um público mais jovem, apresenta o plano de rotas em Setembro. Há duas cidades portuguesas a ser estudadas.
Lisboa e Porto podem estar na rota da Joon, a companhia dos "millennials"
DR
Wilson Ledo 03 de agosto de 2017 às 17:05

A Joon, nova companhia do grupo Air France-KLM, está a estudar ligações a Lisboa e ao Porto. Ainda sem confirmação – porque o plano de rotas só será apresentado em Setembro -, a transportadora reconhece o interesse em Portugal.

"Estas rotas (como Barcelona, Lisboa ou Porto) são algumas das que se encontram em estudo. O programa de voos da Joon ainda está em desenvolvimento. Contamos avançar mais pormenores em Setembro", confirmou fonte oficial ao Negócios.


A Joon foi lançada em Julho passado. Não se definindo como uma companhia de baixo custo, o seu objectivo é alcançar uma nova geração conhecida como "millennials", dos 18 aos 35 anos, com o foco numa experiência tecnológica a borda.


A companhia vai começar a operar voos de médio curso a partir do aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, no Outono. No Verão do próximo ano arrancam os voos de longo curso.


A companhia será gerida por Jean-Michel Mathiew, de 48 anos, integrando o catálogo do grupo Air France-KLM. No mesmo grupo contam-se Air France, KLM, Transavia, HOP! ou Martinair.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub