Turismo & Lazer Lisboa estuda "hub" do transporte turístico no Martim Moniz

Lisboa estuda "hub" do transporte turístico no Martim Moniz

Juntar na mesma praça as várias opções que os turistas têm para chegar e partir de Lisboa é uma das vontades da autarquia. Manuel Salgado chama-lhe um novo "hub" na cidade.
Lisboa estuda "hub" do transporte turístico no Martim Moniz
Wilson Ledo 18 de outubro de 2016 às 12:53

A Câmara Municipal de Lisboa está a estudar a criação de um "hub" do transporte turístico na Praça do Martim Moniz. Na prática, aí estariam reunidas várias modalidades de transporte para turistas como autocarros vindos do aeroporto ou tuk-tuks.

 

A vontade foi referida esta terça-feira, 18 de Outubro, por Manuel Salgado. O vereador para o Urbanismo falava na segunda edição do Observatório: O Imobiliário em Portugal, uma iniciativa do Jornal de Negócios e da Century 21.

 

Manuel Salgado explicou que esta é uma forma para "atenuar os conflitos [gerados pelo turismo] e melhorar a qualidade de vida" em Lisboa. Um dos casos a evitar, exemplificou, são os autocarros turísticos que seguem para a Sé.

 

Para aquela zona em particular, a Praça do Martim Moniz terá no futuro – como já anunciado – umas escadas rolantes. Com a criação deste "hub" do transporte turístico, estaria assim facilitado o acesso àquela colina lisboeta, evitando congestionamentos de trânsito. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Nuno 18.10.2016

Hubs para turistas, hotéis, novas atracções, ruas esventradas, transportes públicos sub-dimensionados, lixo, pragas de ratos e baratas...Barcelona já acordou para o problema, por cá é isto! O Medina nem sabe o que é haver demasiados turistas, por isso está tudo dito!

Nuno 18.10.2016

Enquanto não houver em Lisboa alguém que de facto defenda os interesses dos lisboetas, e não o lóbi do turismo vamos ter que levar com hubs e hotéis em cada esquina. A cidade está transformada num parque de diversões mal frequentado.

pertinaz 18.10.2016

FAZ TODO O SENTIDO PARA AS EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

CONTRIBUINTE SÓ TEM DE PAGAR E CALAR

ESTE SALGADO É DA MESMA ESTIRPE DO PRIMO


VAMOS A CAMINHO DO ABISMO

Show of 18.10.2016

Eu tenho o azar de viver nesta horrível cidade de lisboa, com tipos mais preocupados com os estranjeiros ( turistas e não só) do que com os lisboetas, faz lembrar aqueles que saem á rua todos bem vestidos e de carrão mas que passam fome e estão cheios de dívidas

pub
pub
pub
pub