Comércio Loja da Mercadona em Gaia abre em 2019

Loja da Mercadona em Gaia abre em 2019

A cadeia espanhola de supermercados Mercadona prevê abrir uma loja em Canidelo, Vila Nova de Gaia, em 2019, criando cerca de meia centena de postos de trabalho, adiantou hoje fonte ligada à empresa.
Loja da Mercadona em Gaia abre em 2019
Bloomberg
Lusa 26 de junho de 2017 às 17:45

Em causa está uma das lojas de um conjunto de quatro, previstas para o Grande Porto, sendo que "para avançar com a primeira fase da sua expansão para Portugal a Mercadona anunciou um investimento global inicial de 25 milhões de euros", indicou fonte da empresa sem, no entanto, especificar o valor relativo a Gaia.

 

A loja de Canidelo vai nascer no espaço que actualmente acolhe o campo de futebol do Sport Clube Canidelo, que "vive" num espaço doado pela família Marques Gomes, uma família que tem o nome associado a muitos arruamentos e edifícios naquela localidade que agora, e conforme estava previsto no processo de doação, vendeu o terreno, estando a Mercadona obrigada a fazer um novo campo para o clube num terreno mais atrás face à actual localização.

 

"As obras em Canidelo já se encontram a decorrer. Nesta primeira fase [está a decorrer] a construção do campo de futebol e das suas instalações e posteriormente a construção do supermercado", descreveu a Mercadona em resposta à Lusa.

 

A concretização desta operação gerou a aprovação, em reunião de executivo camarário a 20 de Fevereiro, de uma Unidade de Execução descrita à época pelo vice-presidente da autarquia, Patrocínio Azevedo, como "um formalismo que decorre de um processo e compromisso antigo", relacionado com a doação feita pela família Marques Gomes.

 

Relativamente ao novo equipamento do Sport Clube Canidelo, em comunicado a autarquia de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, apontou que o projecto do novo campo de jogos Manoel Marques Gomes será "uma mais-valia para a freguesia, para a população e para o clube que terá um novo equipamento com melhores condições para os atletas".

 

A câmara liderada por Eduardo Vítor Rodrigues afirma que o equipamento construído de raiz, além do campo de jogos destinado a futebol de 11, inclui um campo de treinos para futebol de cinco, os respectivos corpos de apoio ao seu bom funcionamento e uma pequena moradia para o segurança.

 

"A solução arquitectónica para o centro desportivo garante, ainda, a utilização de pessoas com mobilidade condicionada", descreve a autarquia.

 

Quanto à instalação da Mercadona em Canidelo, a nota camarária refere que a cadeia espanhola "escolheu Vila Nova de Gaia por ser um dos concelhos mais populosos do país".

 

"[Uma opção que] demonstra o interesse económico da cidade e irá contribuir para a criação de emprego e de uma oferta comercial mais moderna e atractiva", refere Eduardo Vítor Rodrigues.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
5640533 27.06.2017

E porque não em 3019?

pub