Comércio Lucros da Ahold ficam abaixo das estimativas

Lucros da Ahold ficam abaixo das estimativas

A Ahold, dona de 49% do Pingo Doce, aumentou os lucros após a fusão com a belga Delhaize, mas os números ficaram aquém das estimativas.
Lucros da Ahold ficam abaixo das estimativas
Bloomberg

A Ahold Delhaize fechou o terceiro trimestre com um resultado operacional de 513 milhões de euros, mais de 4,3% do que no ano passado, de acordo com os dados apresentados esta quinta-feira, 17 de Novembro.

 

Estes números acabaram por ficar aquém das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg que apontavam para um resultado de 520 milhões de euros.


A empresa disse ainda que, no acumulado do ano, os resultados deverão ficar ligeiramente acima dos números do ano passado.

 

Este é o primeiro trimestre que reflecte a fusão entre a Ahold e a Delhaize. A Ahold e a belga Delhaize – que também já foi parceira da Jerónimo Martins no retalho alimentar em Portugal – anunciaram, a 24 de Junho de 2015 a fusão das suas actividades. Juntas, as duas empresas representam vendas anuais de mais de 60 mil milhões de euros e um parque de 6.500 lojas – nos EUA, Países Baixos, Bélgica, República Checa, Roménia e Grécia. 

Portugal faz parte do portefólio – o logo do Pingo Doce surge nas apresentações do grupo, mas a Ahold considera-o no balanço como activo de retalho não consolidado. É o grupo Jerónimo Martins, com 51% da JMR, que gere a estratégia e a operação da cadeia de supermercados portuguesa.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub