Indústria Lucros da Altri sobem 19% para 68 milhões até Setembro

Lucros da Altri sobem 19% para 68 milhões até Setembro

A produtora de pasta registou nos primeiros nove meses deste ano um aumento de 8% das receitas para 491 milhões de euros. O investimento ascendeu a 59,4 milhões.
Lucros da Altri sobem 19% para 68 milhões até Setembro
Miguel Baltazar/Negócios
Maria João Babo 03 de novembro de 2017 às 18:33

A Altri registou um resultado líquido de 68 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, o que representa um crescimento de 19,2% face ao mesmo período de 2016.

Em comunicado, a empresa adianta que até Setembro as receitas totais ascenderam a 491 milhões de euros, mais 8% do que no período homólogo.

O EBITDA somou 141,2 milhões, o que representa um acréscimo de 10%.

De acordo com o grupo, o endividamento nominal remunerado, deduzido de disponibilidades, era a 30 de Setembro de 436,3 milhões de euros, menos cerca de 19,5 milhões face à dívida líquida registada no final de Junho.

O investimento líquido do grupo nos primeiros nove meses foi de 59,4 milhões de euros, tendo só no terceiro trimestre sido aplicados 11,7 milhões.

Entre Julho e Setembro as receitas da Altri subiram 11%, em termos homólogos, totalizando 165,5 milhões. Das vendas totais de pasta, de 255 mil toneladas, foram exportadas 228,6 mil toneladas, o que representa 126 milhões de euros.

Neste terceiro trimestre, os custos totais, excluindo amortizações, custos financeiros e impostos, ascenderam a 111,8 milhões, mais 2,3% em termos homólogos.

O EITDA neste período foi de 53,7 milhões de euros, crescendo33,5%, tendo a margem aumentado para 32,5%.

O resultado líquido nestes três meses atingiu 26,4 milhões, mais 57,1% do que no terceiro trimestre de 2016.

 

 




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Inacreditável. Como é possível acontecer uma coisa destas na bolsa portuguesa ? Afinal o que é isto de bolsa portuguesa ? A ação apresenta bom resultado e cai 10% ? Se fosse mau resultado subiria 10 % ? Mas eu sei disto e sou apenas um asno por arriscar o meu dinheiro neste amaldiçoado casino.

luis Há 2 semanas

A assembleia geral vai reunir e tudo indica um dividendo chorudo em Dezembro. As empresas são para ser bem geridas e criar riqueza.

Ex-est Há 2 semanas

Os resultados são óptimos, mas o que importa agora é o que vem no futuro, espero por melhores resultados ainda para o 4º trimestre 2017 e um óptimo ano de 2018.
Pode haver alguma correcção nos próximos dias, o que não é de estranhar, mas sim de aproveitar... a seu tempo a verdade é como o azeite, virá a cima....

Anónimo Há 2 semanas

Provavelmente perante tão bons resultados, a Altri irá surpreender os acionistas com o pagamento extra de dividendos durante o próximo mês de Dezembro.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub