Banca & Finanças Lucros da banca suíça crescem, Barclays com prejuízos no trimestre

Lucros da banca suíça crescem, Barclays com prejuízos no trimestre

Tanto o UBS como o Credit Suisse apresentaram esta manhã os seus números semestrais e reportaram ao mercado uma subida dos lucros. O britânico Barclays apresentou também as suas contas, mas revelou um resultado líquido negativo.
Lucros da banca suíça crescem, Barclays com prejuízos no trimestre
Bloomberg
Ana Laranjeiro 28 de julho de 2017 às 10:09

Dois dos grandes bancos suíços apresentaram esta manhã os seus números semestrais. Tanto o UBS como o Credit Suisse reportaram um crescimento dos lucros.

Nos primeiros seis meses deste ano, o UBS registou lucros de 2.433 milhões de francos suíços (mais de 2,1 mil milhões de euros). No segundo trimestre, o banco obteve um resultado líquido de 1.174 milhões de francos suíços (mais de mil milhões de euros no câmbio actual), o que representa um crescimento de 13,5% face ao período homólogo do ano anterior, revela o comunicado do banco. Além disso, este valor ficou acima das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, que antecipavam que o resultado líquido fosse de 800 milhões de francos suíços.

Contudo, o banco comunicou ainda ao mercado uma descida no rácio Core Tier 1, o que pode estar a penalizar as acções do banco. No segundo trimestre, este rácio estava nos 13,5% contra os 14,1% verificados no trimestre que terminou em Março, acrescenta a agência de informação.

O Credit Suisse, por sua vez, comunicou ao mercado que, de Janeiro a Junho, obteve um lucro líquido de 899 milhões de francos suíços (mais de 801 milhões de euros no câmbio actual). Este valor compara com um prejuízo de 132 milhões de francos suíços verificado no período homólogo do ano passado. Já de Abril a Junho, o banco helvético registou um resultado líquido de 303 milhões de francos suíços (mais de 270 milhões de euros no câmbio actual), o que representa uma subida de 78%. Este lucro foi superior às estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, que anteviam lucros de 294 milhões de francos suíços.

O resultado obtido no trimestre que terminou em Junho beneficiou de um aumento das verbas colocadas pelos clientes no banco. Neste período, os clientes do Credit Suisse depositaram mais 11 mil milhões de francos suíços, acrescenta a Bloomberg.

Menos positivos foram os resultados do Barclays. A instituição financeira britânica reportou ao mercado perdas, atribuídas aos accionistas, de 1,4 mil milhões de libras (mais de 1,5 mil milhões de euros no câmbio actual) no trimestre que terminou a 30 de Junho. Os resultados, de acordo com a Bloomberg, foram penalizados pelos custos da venda da sua unidade africana e pelos custos inesperados que o banco teve de enfrentar devido ao escândalo dos seguros de protecção de pagamentos.

As acções do UBS estão a cair 3,91% para 16,72 francos suíços. E as do Credit Suisse avançam 1,77% para 14,93 francos. Já os títulos do Barclays somam 0,67% para 210,00 pences.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub