Automóvel Lucros da BMW superam estimativas dos analistas

Lucros da BMW superam estimativas dos analistas

De Abril a Junho, os lucros da construtora automóvel alemã superaram as estimativas dos analistas. As vendas foram impulsionadas pelo modelo BMW Série 5 Sedan.
Lucros da BMW superam estimativas dos analistas
Reuters
Negócios 03 de agosto de 2017 às 08:57

Os lucros antes de juros e impostos da BMW cresceram para os 2,93 mil milhões de euros no trimestre que terminou em Junho. Este valor supera assim os 2,73 milhões de euros registados no mesmo período do ano passado. Além disso, fica acima das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, que anteviam que os lucros antes de juros e impostos ficasse nos 2,82 mil milhões de euros.

As receitas no segundo trimestre ascenderam a mais de 25,7 mil milhões de euros, igualmente acima do registado de Abril a Junho de 2016, de acordo com os números publicados hoje pela empresa.

As vendas foram, no trimestre, impulsionadas pelo modelo BMW Série 5 Sendan, de acordo com a Bloomberg.


Estes números são conhecidos depois de, em Julho, a revista alemã Der Spiegel ter afirmado que cinco construtoras alemãs, Volkswagen, Audi, Porsche, BMW e Daimler, teriam formado um cartel desde os anos 1990, havendo concertação nomeadamente quanto à redução de emissões poluentes em veículos 'diesel'.


Pouco depois, a BMW garantiu que os seus veículos "não são manipulados e cumprem os requisitos legais", incluindo os modelos 'diesel', quando cresce a polémica na Alemanha sobre um alegado cartel da indústria automóvel.


Além disso, esta quarta-feira, 2 de Agosto, os principais construtores automóveis alemães – incluindo a BMW - chegaram a acordo com as autoridades germânicas para um plano que permita "salvar" o diesel do país, ou seja, manter a circulação de viaturas com este combustível nas grandes cidades ao mesmo tempo que garantem a redução do seu impacto no ambiente.

A Volkswagen, a Daimler (dona da Mercedes) e a BMW comprometeram-se a fazer alterações no software de 5,3 milhões de veículos na Alemanha para reduzir as emissões de gases nocivos, num plano que contempla também a criação de um fundo - financiado pela indústria - retirar das estradas veículos diesel antigos, com 10 ou mais anos, substituindo-os por carros mais modernos e com menos emissões. Além disso, serão implementados esforços para promover o transporte sustentável nas cidades.

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub