Telecomunicações Lucros da Vodafone disparam no primeiro semestre

Lucros da Vodafone disparam no primeiro semestre

A Vodafone terminou o primeiro semestre fiscal com um lucro de 1,2 mil milhões de euros. Tendo em consideração as operações continuadas, os lucros dispararam para 1,58 mil milhões euros. Os números superaram as estimativas e a empresa reviu em alta as suas previsões para o acumulado do ano.
Lucros da Vodafone disparam no primeiro semestre
Sara Antunes 14 de novembro de 2017 às 07:57

A operadora de telecomunicações britânica fechou o primeiro semestre fiscal, terminado em Setembro, com um resultado líquido de 1,2 mil milhões de euros, quando no semestre homólogo tinha reportado um prejuízo superior a 5 mil milhões de euros, de acordo com a informação publicada esta terça-feira, 14 de Novembro, pela operadora.

 

Tendo em consideração as operações continuadas, os lucros ascenderam a 1,5 mil milhões de euros, o que compara com um lucro de 278 milhões de euros obtido em igual período do ano passado. Os resultados operacionais cresceram 32,5% para dois mil milhões de euros.

 

O EBITDA ajustado aumentou 4% para 7,38 mil milhões de euros, superando os analistas consultados pela Reuters que apontavam para um EBITDA ajustado de 7,08 mil milhões de euros enquanto as receitas caíram 4% para 23,07 mil milhões de euros.

 

Os números hoje apresentados levam a que a operadora de telecomunicações reveja em alta as suas previsões para o acumulado do ano. Assim, a Vodafone prevê agora que o EBITDA orgânico ajustado cresça cerca de 10% este ano fiscal, o que compara com a previsão anterior que apontava para um intervalo entre 4 e 8%. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub