Banca & Finanças Lucros trimestrais do Morgan Stanley crescem mais de 10%

Lucros trimestrais do Morgan Stanley crescem mais de 10%

Os lucros trimestrais do banco Morgan Stanley cresceram mais de 10% para quase de 1,8 mil milhões de dólares. As receitas ascenderam a 9,2 mil milhões de dólares e superaram as estimativas dos analistas.
Lucros trimestrais do Morgan Stanley crescem mais de 10%
Bloomberg
Ana Laranjeiro 17 de outubro de 2017 às 12:49

De Julho a Setembro, os lucros do banco Morgan Stanley cresceram 12% para 1,78 mil milhões de dólares, impulsionado sobretudo pela área de banca de investimento e pelo negócio de gestão de fortunas, de acordo com o Wall Street Journal.

Os lucros por acção ascendem aos 93 cêntimos, ficando bastante acima da média estimada pelos analistas que era de 81 cêntimos por título. As receitas subiram para 9,2 mil milhões de dólares no terceiro trimestre, contra os 8,91 mil milhões de dólares registados de Julho a Setembro do ano passado, segundo a mesma fonte. As previsões dos especialistas para as receitas eram de 9,02 mil milhões de dólares.

Outros bancos americanos apresentaram já, na semana passada, as suas contas trimestrais. O JPMorgan foi o primeiro ao revelar que entre Julho e Setembro obteve lucros de 6,73 mil milhões de dólares, um aumento de 7,1% face ao mesmo período do ano passado.

O Citigroup que reportou um aumento de 8% dos lucros no terceiro trimestre deste ano, com o resultado líquido a crescer de 3,8 mil milhões de dólares no terceiro trimestre de 2016 para 4,1 mil milhões de dólares.

E os lucros trimestrais do Bank of America cresceram 15% para 5,12 mil milhões de dólares.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub