Energia Maior refinaria da Europa fechada durante pelo menos duas semanas

Maior refinaria da Europa fechada durante pelo menos duas semanas

Depois do incêndio em Pernis, Roterdão, as instalações só deverão reabrir na segunda semana deste mês. Abastecimento a partir da Ásia é uma hipótese para compensar a queda na produção.
Maior refinaria da Europa fechada durante pelo menos duas semanas
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 01 de agosto de 2017 às 15:53

A maior refinaria de petróleo da Europa, detida pela Shell em Roterdão, Holanda, estará inoperacional durante pelo menos duas semanas, depois de um incêndio ter atingido o sistema eléctrico das instalações durante o fim-de-semana.


O fecho da refinaria de Pernis – com capacidade para processar até 404 mil barris de crude por dia – poderá ter impacto no já constrangido mercado de fornecimento de gasolina e gasóleo do noroeste da Europa.


"Esperamos reiniciar as nossas operações, no cenário mais breve, na segunda metade de Agosto. (…) Lamentamos o impacto que possa causar aos nossos clientes e estamos a fazer tudo o que podemos para reduzir esse impacto," disse a empresa num comunicado.


A paragem decorre numa altura de grande procura de combustíveis, associada a deslocações nos meses de férias de Verão. Segundo a Bloomberg, a suspensão de produção poderá aumentar o fornecimento alternativo à Europa através do mercado asiático.  


A tonelada métrica de diesel fechou a sessão desta segunda-feira a valer 415,29 euros, um ganho de 0,43 euros, no quinto dia de subidas, enquanto no caso da gasolina a subida foi de 2,39% para 457,41 euros.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub