Banca & Finanças Mais de 300 emigrantes lesados pelo BES protestam no Novo Banco e vão até BdP

Mais de 300 emigrantes lesados pelo BES protestam no Novo Banco e vão até BdP

Decorre esta sexta-feira, em Lisboa, um protesto de mais de 300 emigrantes que se queixam de ser lesados pela gestão do resolvido BES. O protesto decorre junto à sede do Novo Banco e passará depois pelo Banco de Portugal.
Mais de 300 emigrantes lesados pelo BES protestam no Novo Banco e vão até BdP
Hugo Correia/Reuters
Lusa 11 de agosto de 2017 às 13:13
Mais de 300 emigrantes, que se queixam de ser lesados pela gestão do resolvido BES, estão hoje a protestar na sede do Novo Banco, em Lisboa, pretendendo ir em seguida à sede do Banco de Portugal.

"Estamos aqui para mostrar às pessoas que há boa vontade e um compromisso com a administração para - queremos acreditar - encontrar uma solução para todos. Creio que vai chegar a bom porto muito em breve, com estes problemas resolvidos", disse à Lusa a vice-presidente da Associação Movimento Emigrantes Lesados Portugueses (AMELP), Helena Batista.

Aquela responsável anunciou que o conjunto de manifestantes irá em seguida protestar junto da sede do Banco de Portugal e, entretanto, uma delegação será recebida pela administração do Novo Banco. Helena Batista estimou em 250 o número de pessoas organizadas que viajaram de vários pontos do país.

Os emigrantes e clientes do ex-BES queixam-se de dois produtos financeiros em que investiram e que ainda não têm solução, tendo investido mais de 140 milhões de euros em "EG Premium" e "Euro Aforro 10".

A associação que representa os emigrantes lesados do BES revelou terça-feira um entendimento com o Novo Banco e o Governo do PS, que passa pela recuperação de 75% do dinheiro que investiram em produtos Euro Aforro 8, Poupança Plus 1, Poupança Plus 5, Poupança Plus 6, Top Renda 4, Top Renda 5, Top Renda 6 e Top Renda 7.

Contudo, os clientes dos produtos Euro Aforro 10 e EG Premium ainda esperam uma solução que estará ainda a ser trabalhada. As pessoas que aceitarem estas propostas terão de desistir das acções judiciais contra o Novo Banco e seus trabalhadores.

À sede do Novo Banco (ex-BES) chegaram cinco autocarros, com manifestantes, que se juntaram à cerca de uma centena de pessoas que já se encontrava no local, munidos de bandeiras de França e da Suíça, muitos cartazes, apitos, chocalhos e buzinas.

A PSP organizou um grande cordão de segurança em volta do edifício da instituição bancária, com grades reforçadas para prevenir eventual invasão e o trânsito está cortado no troço em que a rua Barata Salgueiro se cruza com a avenida da Liberdade.



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O costa quer fazer 10 milhões de lesados do GES Há 1 semana

Vão pedir contas ao vigarista do Ricardo Insonso, porque os milhões desviados devem estar a repousar num paraíso fiscal.
Isto de, quando há lucros é meu e quando há prejuízos divide-se pelos Tugas, tem que terminar. É demais ter de sustentar tanto ladrão.

Mr.Tuga Há 1 semana

Já não ha pachorra para estes caralh***.... Vão mas é ver os incêndios....

Limpai o boca de sapo de uma vez! Salafrário e pul Há 1 semana

Os lesados e espoliados do BES são estúpidos! Andam a manifestar-se à porta do NB! Vão a Cascais à moradia do Salgado, com capela particular, e fazei lá a justiça, já q a outra não funciona, por causa dos alçapões das leis, e dos velhacos advogados pagos a preço de OURO! Pendurai o boca de sapo!

Salgado deve ser enterrado para fabricar tijolo! Há 1 semana

Lesados e espoliados do BES, vão antes protestar a Cascais à moradia do boca de sapo e manda-lo desta para a melhor! É lá q têm de fazer barulho e pendurar o Salgado, mais a sua trupe de salafrários! Salgado anda a ser defendido pelo filho de Proença de Carvalho, e ele anda lá a encher os bolsos!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub