Construção Manuel Fino vai vender acções da SDC Investimentos na OPA

Manuel Fino vai vender acções da SDC Investimentos na OPA

O empresário confirmou ao Jornal Económico que já deu ordem de venda dos seus 55,7% na SDC Investimentos. A Investéder, que lançou OPA, passa assim a maioritária.
Manuel Fino vai vender acções da SDC Investimentos na OPA
Paulo Duarte
Negócios 01 de junho de 2017 às 09:30

O empresário Manuel Fino já deu ordem para que seja vendida a sua posição de 55,7%, através da Investifino Limited, na Soares da Costa (SDC) Investimentos, que está a ser alvo de uma oferta pública de aquisição (OPA).

A notícia é avançada esta quinta-feira, 1 de Junho, pelo Jornal Económico. "Vamos desfazer-nos da nossa posição naquele que foi o grupo de construção Soares da Costa", confirmou Manuel Fino.


Fino já deu ordem de venda de todas as acções da SDC Investimentos, que detém um terço da Soares da Costa Construções, mesmo que o prazo para essa acção só acabe na sexta-feira, 2 de Junho.


Com o negócio fechado, a Investéder, que lançou a OPA à SDC Investimentos por um preço unitário de 2,7 cêntimos, passaria a deter 67%, face aos 11% actuais – o permitiria poder para deliberar sobre aumentos de capital em Assembleia Geral, com a intenção de diluir prejuízos e converter créditos em capital.


Tal, reduziria a posição dos accionistas que não venderam durante a OPA, explica o Jornal Económico. A intenção última da Investéder – de António Castro Henriques e Gonçalo Andrade Santos – é retirar a SDC Investimentos da bolsa depois da OPA.


"É o fim de uma era", remata Manuel Fino, que foi um dos accionistas de referência do BCP e da Cimpor, considerando que a Soares da Costa foi "vítima" da crise.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub