Banca & Finanças Marca Popular desaparece em 2019 das agências em Espanha

Marca Popular desaparece em 2019 das agências em Espanha

As mudanças da marca do Banco Popular em Espanha começam a decorrer esta semana. Em Portugal, as modificações só poderão ocorrer quando concluída a fusão do Santander Totta e da unidade nacional do Popular.
Marca Popular desaparece em 2019 das agências em Espanha
DR
Diogo Cavaleiro 04 de outubro de 2017 às 15:10

As agências do Banco Popular vão ter, a partir desta quarta-feira 4 de Outubro, duas marcas: o nome que enverga até aqui e o símbolo do Grupo Santander, o seu novo dono. Será assim até 2019.  

 

"A partir de hoje, a sinalética das agências do Banco Popular vai conter a chama do Banco Santander, uma fase inicial da mudança de marca que terá lugar após a integração operacional, que se espera que aconteça em 2019", indica o comunicado emitido pelo grupo presidido por Ana Botín.

Quer isto dizer que quando essa integração estiver concluída as unidades do Popular percam aquela marca. 

As 1.200 agências que o Popular tem em Espanha (que incluem também as do Pastor, que o Popular havia comprado em 2011) vão sofrer a alteração de imagem nas próximas duas semanas. Depois disso, será a vez dos cartões, do site e de outro material a conter a insígnia Santander.

 

Apesar da compra, por 1 euro, no âmbito da medida de resolução, a integração do Popular no Santander não foi imediata, nem o será a modificação da imagem. Depois do aval europeu dado em Agosto, é só para 2019 que está prevista a integração total.

 

"Damos as boas-vindas aos clientes do Popular ao Grupo Santander", diz, citado no comunicado, o presidente executivo da instituição em Espanha Rami Aboukhair. "Estamos comprometidos a levar a cabo uma integração exemplar que resulte num banco que ofereça o melhor dos dois modelos".

 

Em Portugal, a situação é diferente. Isto porque, após a aprovação da compra do espanhol Popular pelo espanhol Santander, iniciou-se outro processo: o da fusão do Popular Portugal no Santander Totta, o banco português do grupo espanhol. E este último passo ainda aguarda autorizações regulatórias, pelo que não há ainda mudanças na imagem. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub