Empresas Mário Ferreira procura 100 jovens para trabalhar em campos de golfe em Palm Beach

Mário Ferreira procura 100 jovens para trabalhar em campos de golfe em Palm Beach

A Talents4Cruising, empresa de recrutamento do empresário Mário Ferreira, pretende recrutar uma centena de jovens para trabalhar, entre seis e oito meses, em luxuosos campos de golfe em Palm Beach, na Flórida.
Mário Ferreira procura 100 jovens para trabalhar em campos de golfe em Palm Beach
Uma centena de jovens portugueses vão ser recrutadas para trabalhar em campos de golfe em Palm Beach, na Flórida, entre seis a oito meses.
Rui Neves 21 de abril de 2017 às 19:07

Pelo segundo ano consecutivo, a Talents4Cruising abriu candidaturas para o recrutamento de jovens da área de turismo e hotelaria, entre os 18 e 29 anos de idade, para trabalhar em luxuosos campos de golfe em Palm Beach, Flórida, nos Estados Unidos.

 

Inserido no quadro de recrutamento da Workaway Internacional, cuja representante em Portugal é a Talents4Cruising, este programa tem a duração de seis a oito meses, com início marcado para Outubro próximo.

 

A empresa tem 100 vagas para profissionais de cozinha-pastelaria (neste caso os candidatos podem ter até 35 anos de idade), restaurante-bar, recepção, "housekeeping", assistentes de lazer (golfe, ténis, ginásio e piscina) e técnicos de manutenção de campos de golfe.

 

Os candidatos devem ter um bom domínio do inglês, preferencialmente com formação na área a que se candidatam.

 

"Entre muitos benefícios, os participantes viajam com tudo confirmado (emprego, visto, viagens e alojamento), tendo oportunidade de formação com profissionais de referência dos Estados Unidos", realça a Talents4Cruising, empresa de recrutamento que pertence ao grupo do empresário Mário Ferreira, presidente da Douro Azul.

 

A formalização da candidatura deverá ser efectuada em www.jobs.talents4cruising.com




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 8 horas

O anónimo, em vez de usando diversos pseudónimos passar o aqui os dias a comentar e divagar sobre o seu trauma de estimação chamado PSD, emigre de uma vez por todas. O défice português (especialmente o de inteligência e seriedade) ficaria muito aliviado.

Quem ler a noticia renasce-lhe a esperança de dias Há 14 horas

melhores. Mas, ao ler a mesma, verifica que o que lá vem apenas é publicidade enganosa. Ordenados não vem, apenas lá esta colaterais, tais como ajudas de custo 100 USD e reembolso do que gastar na papelada necessária. Ou seja gasta 1º e, recebe depois,esquemas destes servem apenas o intermediário

pub
pub
pub
pub