Energia Marques Mendes: Fusão da Gas Natural com a EDP recebeu um não dos chineses

Marques Mendes: Fusão da Gas Natural com a EDP recebeu um não dos chineses

Luís Marques Mendes, no seu habitual espaço de comentário na SIC, disse que a estratégia espanhola de fusão da Gas Natural com a EDP está "condenada ao fracasso".
Marques Mendes: Fusão da Gas Natural com a EDP recebeu um não dos chineses
Celso Filipe 17 de setembro de 2017 às 21:10

Luís Marques Mendes diz que os espanhóis da La Caixa, donos da Gas Natural, receberam um não da China Three Gorges como resposta à sua proposta de fusão entre aquela empresa e a EDP.

No seu comentário semanal na SIC, diz que o líder do La Caixa, Isidro Fainé, "foi à China cheio de entusiasmo e regressou da China relativamente conformado com um não dos chineses". Por isso, adiantou, "o mais provável é que a estratégia espanhola esteja já condenada ao fracasso".

Segundo Luís Marques Mendes, o que está em causa são duas estratégias radicalmente diferentes para a EDP, sendo que a melhor é assentar o crescimento da eléctrica através da liderança chinesa.

"Com liderança chinesa, a EDP não seria vendida a ninguém nem se fundiria com ninguém, mas iria crescer, e muito, através de uma aposta dos chineses em termos de participação e de novas responsabilidades", afirmou Luís Marques Mendes.  




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub