Banca & Finanças Marques Mendes: Lone Star abdica da garantia de Estado para ficar com o Novo Banco

Marques Mendes: Lone Star abdica da garantia de Estado para ficar com o Novo Banco

O comentador afirmou, no seu espaço de opinião da SIC, que o fundo norte-americano Lone Star também admite integrar parceiros nacionais na sua proposta de compra do Novo Banco.
Marques Mendes: Lone Star abdica da garantia de Estado para ficar com o Novo Banco
Bloomberg
Celso Filipe 29 de janeiro de 2017 às 21:11

Luís Marques Mendes diz que os norte-americanos da Lone Star estão dispostos a abdicar da exigência da garantia de Estado que tinham colocado na proposta de compra do Novo Banco.

"Ao que se diz [os norte-americanos da Lone Star] estão disponíveis para nas próximas negociações deixarem cair a exigência de garantia do Estado. Se assim for, é mesmo uma vitória do Governo", afirmou Marques Mendes este domingo, 29 de Janeiro, no seu espaço de opinião semanal na SIC, que o Negócios publica integralmente online e na sua edição de impressa de segunda-feira.

O comentador acrescentou que fundo norte-americano Lone Star está mesmo empenhado em comprar o Novo Banco, o que é visível no facto de se encontrarem a "investir na melhoria da sua imagem" e de já admitirem "ter alguns parceiros nacionais".

O aval público reclamado pela Lone Star tinha com finalidade cobrir o risco associado a alguns activos do Novo Banco, embora o fundo norte-americano se propusesse dividir com o Fundo de Resolução as receitas que pudesse vir a obter no futuro com este património.

Ao deixar cair esta exigência, a Lone Star poderá querer só para si os proveitos futuros da recuperação de créditos considerados de cobrança muito difícil, tal como o Negócios avançou a 9 de Janeiro.

Neste momento existem dois candidatos à compra do Novo Banco, ambos norte-americanos, a Lone Star e o consórcio Apollo/Centerbridge. Pelo caminho ficaram os chineses do Misheng, por alegadamente não terem conseguido apresentado garantias financeiras que suportasse a sua proposta de compra.

Segundo o Ministério das Finanças o processo de venda do Novo Banco avança com "bastante intensidade".




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Ciifrão 29.01.2017

tão pequeno e as coisas que ele sabe.

comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

Dish of fried tomato like all. Guests in most cases require recipe are surprised talent chef. Even children with pleasure eat fried tomato in breadcrumbs. Tomatoes very good combined are combined with many products. Garlic adds fineness. Cheese gives red crust. Italian herbs turn roasted tomatoes in

Anónimo 30.01.2017

In-side trading ao vivo, em directo e a cores numa tv perto de si, totalmente impune. Que balburdia de Pais! Ponham esse gajo na choldra, é crime digo eu!

Anónimo 30.01.2017

Sabe de tudo... do que os da caixa iam fazer, do que o Marcelo vai dizer... do que o Costa está a pensar... só não consegue estar caladinho... falar falar falar é o melhor emprego em Portugal...

Mas que paga a esta Miniatura? 30.01.2017

Quanto recebeu de comicoes este papagaio? Porque isto de fazer favores a Amigos, neste pais de Ciganos nao funciona. O pobre contribuinte esta farto de ser roubado, por isso nao deve de acreditar nestes ladroezecos, de sacristias, pois todos eles sao os profetas da nossa desgracia.

ver mais comentários
pub