Empresas Matosinhos também vai ter um supermercado Mercadona

Matosinhos também vai ter um supermercado Mercadona

Retalhista espanhola escolheu Matosinhos para instalar um dos quatro supermercados que pretende abrir no Grande Porto em 2019. A cidade do porto de Leixões junta-se assim a Vila Nova de Gaia, a primeira localização firmada pela Mercadona em Portugal.
Matosinhos também vai ter um supermercado Mercadona
Matosinhos e Vila Nova de Gaia acolherão duas das quatro lojas que a Mercadona pretende abrir no Grande Porto em 2019.
Bloomberg
Rui Neves 15 de março de 2017 às 15:36

A conta-gotas, a estratégia de comunicação da Mercadona, empresa líder do mercado de distribuição e venda de produtos alimentares em Espanha, escolheu esta quarta-feira, 15 de Março, para anunciar a localização de mais uma das quatro lojas que pretende abrir no Grande Porto.

 

Depois de firmar Canidelo, em Vila Nova de Gaia, em Janeiro passado, para a instalação de um supermercado, e de revelar que Matosinhos irá acolher o seu primeiro centro de inovação em Portugal, a Mercadona divulgou hoje que esta cidade vai ter também um supermercado da marca.

 

Projectado para a Rua de Sousa Aroso, numa área de 8.300 metros quadrados, o Mercadona de Matosinhos terá mais de 1.800 metros quadrados área de vendas, uma zona para colaboradores e um parque de estacionamento com capacidade para duas centenas de veículos.

 

"Investimentos como este são fundamentais para a regeneração urbana da antiga zona industrial de Matosinhos, promovendo a convivência de diferentes actividades naquela que já é uma zona nobre da cidade", considera o presidente da Câmara de Matosinhos, Eduardo Pinheiro, em comunicado enviado pela cadeia de supermercados espanhola.

 

É também em Matosinhos, na Avenida Menéres, que a Mercadona também pretende instalar o seu primeiro centro de inovação em Portugal. Com abertura prevista para "o segundo trimestre deste ano", tem como objectivo "adaptar a sua oferta aos hábitos e preferências do consumidor português e desenvolver produtos inovadores".

 

A somar aos 12 centros de inovação que a Mercadona tem em Espanha, o de Matosinhos, que terá uma área superior a mil metros quadrados, vai dispor de salas de degustação de produto e cozinhas.

 

"Viermos para ficar", garante a Mercadona; "ver para crer", duvida a Jerónimo Martins

 

O presidente da Jerónimo Martins tem dúvidas sobre a entrada da Mercadona em Portugal. "Ver para crer, como São Tomé", reagiu Pedro Soares dos Santos, a 23 de Fevereiro passado, quando interrogado sobre a matéria.

 

"Primeiro tenho que ter a certeza que eles vão entrar. Pode não acontecer, se eles fizerem o que fizeram em Itália e em França", argumentou, aludindo ao facto de a Mercadona ter, em tempos, anunciado investimentos, não concretizados, nestes dois países.

 

Em resposta, a 1 de Março, a Mercadona garantiu: "Viemos para Portugal para ficar", afirmou Elena Aldana, directora de relações externas do grupo espanhol.

 

"Já contratamos pessoas, temos uma parcela assinada em Gaia e escritórios no Porto. Nós já estamos em Portugal", acrescentou a mesma responsável.

 

Foi em Junho do ano passado que a Mercadona anunciou que iria investir 25 milhões de euros para entrar em Portugal. Antes, em 2012, o grupo liderado por Juan Roig tinha já colocado o nosso país no seu mapa de expansão, depois de já em 2003 ter admitido a travagem da intenção de avançar para Portugal.

 

 

(Notícia actualizada às 16:12)

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Isabel Maria 17.03.2017

Acho bem e muito melhor a outras superfícies

Anónimo 15.03.2017

Esses Srs da Mercadona são do melhor que há para o cliente "chef".
Qualidade de produtos, atenção ao cliente e preços sempre baixos em todos os produtos ( ao contrário dos restantes hipermercados que o cliente tem de andar sempre à caça às promoções e com cartões e talões ..

fatima gavina 15.03.2017

Tenho um espaço excelente para essa actividade na Rua Brito Capelo 500 Matosinhos

Anónimo 15.03.2017

Pode ser bom , mas espero que a sua qualidade e serviço seja melhor que a dos supermercados DIA tem de se impõr pela qualidade.

pub
pub
pub
pub