Turismo & Lazer Meliá recupera hotel na Costa da Caparica

Meliá recupera hotel na Costa da Caparica

A cadeia hoteleira espanhola adquiriu o antigo Hotel Costa da Caparica. A abertura com a chancela Tryp tem lugar já em Abril.
Meliá recupera hotel na Costa da Caparica
Wilson Ledo 12 de janeiro de 2017 às 13:09

O grupo hoteleiro Meliá prepara-se para abrir mais um hotel em Portugal. O Tryp Lisboa Caparica Mar ficará na Costa da Caparica "a 20 quilómetros do aeroporto de Lisboa", anunciou o grupo espanhol.

Com uma das marcas do portefólio da Meliá, a Tryp by Wyndham, o hotel de quatro estrelas contará com 352 quartos. À oferta junta-se restaurante, bar, piscina e centro de desporto na margem sul do rio Tejo.


A sua abertura está prevista para o próximo mês de Abril. A unidade funcionará no número 47 da Avenida General Humberto Delgado, onde antes funcionava o Hotel Costa da Caparica.


"Como atracções da Costa da Caparica podemos contar com as suas espectaculares praias de areia branca, ideal para o surf, e a sua proximidade com o aeroporto de Lisboa, tornando este destino popular para férias e escapadelas urbanas", destaca a empresa em comunicado esta quinta-feira, 11 de Janeiro.


O grupo Meliá tem já 12 unidades hoteleiras em Portugal. As mesmas ficam localizadas em Aveiro, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Covilhã, Leiria, Lisboa, Madeira, Montijo e Porto.


Em carteira, para abertura em 2018, está o primeiro Meliá de cinco estrelas em Lisboa. O projecto localizado na zona do Marquês de Pombal terá 239 quartos e resulta da parceria entre a cadeia espanhola e o fundo português Discovery. 


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub