Empresas Mello Saúde investe em nova clínica CUF em Almada

Mello Saúde investe em nova clínica CUF em Almada

Nova unidade vai custar 15 milhões de euros e alargar o investimento da empresa para 250 milhões de euros este ano.
Mello Saúde investe em nova clínica CUF em Almada
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 03 de Outubro de 2016 às 09:30

A Mello Saúde, do grupo José de Mello, vai investir 15 milhões de euros na abertura de uma nova unidade de saúde em Almada.

 

De acordo com o Diário de Notícias, que avança com a informação, entre a abertura e o melhoramento de unidades de saúde, o investimento do grupo José de Mello já está próximo dos 250 milhões de euros.

 

A nova clínica CUF em Almada, que vai implicar a contratação de mais de 150 profissionais, "demonstra a vontade da José de Mello Saúde de prosseguir com a sua estratégia de desenvolvimento, que tem como objectivo estar cada vez mais próxima das populações", explicou ao jornal Salvador de Mello, o presidente do grupo que falhou em 2014 a aquisição da Espírito Santo Saúde (hoje Luz Saúde).

 

A empresa conta actualmente com 15 unidades de saúde no país, onde emprega cerca de oito mil colaboradores, tendo este ano investido em novos hospitais (Viseu e Alcântara), e na expansão das Descobertas (Parque das Nações), Cascais e Torres Vedras, bem como na nova clínica em São João da Madeira.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 03.10.2016


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

pub
pub
pub
pub