Telecomunicações Meo lidera serviços de internet fixa e móvel

Meo lidera serviços de internet fixa e móvel

O tráfego de banda larga móvel cresceu 70% no primeiro trimestre deste ano. A Meo continua a liderar os serviços de banda larga fixa e móvel, seguindo-se a Nos e a Vodafone.
Meo lidera serviços de internet fixa e móvel
Bloomberg
Sara Ribeiro 19 de junho de 2017 às 16:28

No final de Março deste ano existiam 3,42 milhões de acessos à internet em banda larga fixa, um aumento de 1,3% face ao mesmo período do ano passado de acordo com os dados divulgados pela Anacom esta segunda-feira, 19 de Junho.

O crescimento foi impulsionado pela tecnologia de fibra óptica, que ultrapassou o cabo como a principal forma de acesso à internet fixa, sendo responsável por 34% dos acessos, contra 33,1% do cabo, detalha o regulador do sector.

No que toca à banda larga móvel o crescimento do número de utilizadores foi mais ligeiro, situando-se em 6,5 milhões, uma subida de 0,3%.

Analisando os números por quotas de mercado, a Meo lidera nos dois segmentos. No acesso fixo, fechou o primeiro trimestre do ano com uma quota de 40,1%, apesar de ter registo uma queda de 3 pontos percentuais face ao período homólogo.

Seguem-se a Nos com 37,7%, um aumento de 0,8 pontos percentuais, e a Vodafone com 17,7%, tendo sido "o operador cuja quota mais subiu, 2,2 pontos percentuais", sublinha a Anacom. O Grupo Apax, que detém a Nowo e a Oni, manteve a sua quota nos 4,2%.

Na banda larga móvel, a quota de clientes activos da Meo era de 38,9%, seguindo-se a Nos e a Vodafone com 32,7% e 27,4%, respectivamente. A Nowo, que lançou ofertas comerciais de serviço de banda larga móvel em Abril de 2016, fechou o primeiro trimestre com uma quota de 0,8%.

A Anacom detalha ainda que, face ao período homólogo, "registou-se um forte crescimento em ambos os tipos de tráfego: 17,3% no caso do tráfego de banda larga fixa e 70% no caso do tráfego de banda larga móvel.

O tráfego médio mensal por acesso à internet em banda larga fixa "foi de 63,4 GB. No caso da banda larga móvel com utilização efectiva, o tráfego gerado por cliente foi de 2,1 GB por mês".

 

As receitas seguiram a mesma tendência, com o serviço de internet fixo, incluindo os pacotes de serviços, a totalizarem 445,1 milhões de euros, um crescimento homólogo de 6,8%.

Os acessos à Internet móvel geraram receitas de 86,8 de euros, um valor superior em 6,4% ao registado no primeiro trimestre de 2016.




pub