Transportes Metro de Lisboa só terá toda a frota em 2018

Metro de Lisboa só terá toda a frota em 2018

O Metro de Lisboa só prevê que a disponibilidade operacional da sua frota seja retomada no início do segundo semestre de 2018. Quanto à autorização para contratar 10 novos trabalhadores não aponta datas.
Metro de Lisboa só terá toda a frota em 2018
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 26 de outubro de 2017 às 21:45
O Metro de Lisboa só prevê ter todas as composições da sua frota operacionais na segunda metade do próximo ano.

"A previsão aponta para a retoma da disponibilidade operacional da frota no início do segundo semestre de 2018", disse ao Negócios fonte oficial da empresa de transporte público que tem neste momento 21 das 111 composições imobilizadas, ou seja, quase 20%. Uma situação que, segundo explicou fonte oficial do Metro, é devida a "ultrapassagem de quilómetros acumulados, para revisão de ‘bogies’ (eixos de rodas) ou por diâmetro mínimo de rodas".

O Metro da capital tem neste momento prevista a contratação de um total de 10 trabalhadores, mas ainda não obteve autorização do Ministério das Finanças para o fazer. "Não temos data prevista", acrescentou a mesma fonte, esclarecendo que a intenção é de contratação de seis oficiais electromecânicos, de um torneiro para a área de manutenção do material circulante e de um oficial electromecânico e de dois oficiais electricistas para a área de manutenção de infra-estruturas.

A empresa está actualmente em processo de consulta externa para a contratação de prestações de serviço na área da manutenção eléctrica e electromecânica, disse a mesma fonte.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub