Transportes Metro do Porto lança concurso para a expansão a 6 de Setembro 

Metro do Porto lança concurso para a expansão a 6 de Setembro 

A empresa Metro do Porto vai lançar o concurso público para a execução dos projectos de expansão da rede, que está orçada em 287 milhões de euros, no dia 6 de Setembro, revelou o primeiro-ministro.
Metro do Porto lança concurso para a expansão a 6 de Setembro 
Paulo Duarte/Negócios
Rui Neves 31 de agosto de 2017 às 17:24

Obtido o "OK" do Ministério do Ambiente e o aval das Finanças, a empresa Metro do Porto já pode avançar com o processo de expansão da rede de metropolitano.

"No dia 6 de Setembro será publicado o aviso de concurso público para o processo de execução e estudo de impacte ambiental de extensão do metro do Porto, por forma a que a obra possa arrancar em 2019 e estar concluída em 2022", anunciou António Costa, na tarde de hoje, 31 de Agosto, em Vila Nova de Gaia.

Sobre novas fases de expansão da rede de metro do Porto, o primeiro-ministro disse apenas que, com um novo ciclo de fundos comunitários após o Portugal 2020, "outros sonhos poderemos ter".

O chefe do Governo falava na cerimónia de assinatura dos contratos de aquisição de 188 novos autocarros pela STCP, que decorreu na sede do grupo Salvador Caetano.

O concurso público que será agora lançado visa a execução dos projectos da Linha Rosa, no Porto, e do prolongamento da Linha Amarela a Vila d'Este, em Gaia. As expectativas apontam para que este processo se conclua no próximo ano, seguindo-se a adjudicação das obras.

 

Apesar do concurso para a realização dos projectos ser comum, a construção das duas empreitadas será alvo de concursos autónomos e poderão avançar em momentos distintos. 

 

Entretanto, anda não é conhecido todo o modelo de financiamento desta expansão do metro do Porto, que está orçada em 287 milhões de euros, a que deverá acrescer cerca de 54 milhões de euros para reforço da frota de material circulante. 

 

Em curso está a consulta pública internacional para seleccionar um novo operador da actual rede de metro do Porto, que já gerou o interesse de mais de duas dezenas de empresas, que levantaram o caderno de encargos. 

 

O concurso para a subconcessao do metro do Porto por sete anos, entre Abril de 2018 e Abril de 2025, foi lançado a 23 de Junho passado, com um preço de referência de 221 milhões de euros, a valores de 2016. 


(Notícia actualizada às 18:12)




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 01.09.2017

Lamentavelmente vemos o jogo de interesse da linha do metro entre autarcas e governo.
É lamentável que se elimine linha de comboio que servia as populações da linha da Trofa, que há anos ficaram sem meios, e se crie alternativas onde nunca existiram, reponham e cumpram!!!

Jonas 31.08.2017

A Teixeira Duarte vai gamar o concurso.
Pois precisa de obras com urgencia.

Saber mais e Alertas
pub