Media Michael Rezendes: "O Jornalismo de investigação vai sobreviver"  

Michael Rezendes: "O Jornalismo de investigação vai sobreviver"  

O jornalista do "caso Spotlight" defende que o jornalismo de investigação "compensa do ponto de vista económico". E diz que fazer a cobertura do mandato de Trump vai ser um "grande desafio".
Michael Rezendes: "O Jornalismo de investigação vai sobreviver"  
DR
Sara Ribeiro 12 de janeiro de 2017 às 20:03

Michael Rezendes, jornalista que ganhou o prémio Pulitzer de serviço público em 2013, acredita que o jornalismo de investigação tem futuro e compensa financeiramente.

 

"O jornalismo de investigação vai sobreviver e compensa do ponto de vista económico. Há um apetite forte por este tipo de histórias", disse o jornalista do Caso Spotlight durante o 4º Congresso dos Jornalistas que está a decorrer no Cinema São Jorge.

 

"Há estudos que mostram que os leitores querem ler notícias curtas, mas depois também querem ler histórias mais aprofundadas", sustentou.

 

Mas, para tal, "é preciso sair da redacção e falar com pessoas. O jornalismo 'old fashion' (tradicional) é muito muito importante", alertou.

 

Questionado sobre as expectativas da futura relação entre os media e o novo presidente dos EUA, Rezendes respondeu que fazer a cobertura do mandato de Donald Trump "vai ser um grande desafio. Mas ainda é muito cedo para saber como vai ser".

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub