Banca & Finanças Ministério Público chama PJ para investigar créditos da CGD

Ministério Público chama PJ para investigar créditos da CGD

O Jornal Económico desta sexta-feira, 16 de Dezembro, aponta suspeitas de gestão danosa como base da investigação que vai passar empréstimos concedidos desde 2000 a pente fino.
Ministério Público chama PJ para investigar créditos da CGD
Negócios 16 de dezembro de 2016 às 10:16

O Ministério Público (MP) delegou competências na Polícia Judiciária (PJ) para a investigação criminal à Caixa Geral de Depósitos (CGD).  

Em cima da mesa estão suspeitas de gestão danosa que chegam até 2000, num inquérito dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal. Fonte oficial da Procuradoria-Geral da República referiu que "nesta investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Polícia Judiciária".


Segundo o jornal, a participação da PJ na investigação à CGD resulta de um despacho do MP, sendo que nos termos da lei de organização da investigação criminal, a PJ tem competências para crimes económico financeiros, administração danosa, tráfico de influência, corrupção, peculato, e participação económica em negócio.   


O período em causa abrange várias administrações, lideradas por António de Sousa (2000-2004)m Mira Amaral (Abril e Setembro de 2004), Vítor Martins (204-2005), Carlos Santos Ferreira (2005-2008)., Faria de Oliveira (2008-2011) e José de Matos 2011 a 2013 e 2013 a 2015). As suspeitas principais incidem no período 2005-2010, sobre actos de gestão dos governos de José Sócrates. 




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
USA 18.12.2016

A pouca vergonha continua no nosso País desde 25 de Abril de 1974 e não há ninguém que pare com o abuso e usurpação do vil metal que pertence ao Povo trabalhador Português! Afinal onde estão os governantes esquerdistas, que apregoam ser defensores dos trabalhadores? Todos querem tacho e nada fazem!

Anónimo 17.12.2016

Perguntem ao vara e socas onde para o dinheiro da caixa ,estes dois já deviam estar atrás das grades a muito tempo, mas não andam a gozar as luvas que receberam dos empréstimos aos amigos e companhia, tenho vergonha de ser portug, num país de bem já tinham sido fuzilados estes e muitos mais iguais.

Camponio da beira 16.12.2016

Quantos anos esta investigação leva de atraso,assim como os recentes casos da Octapharma?

Camponio da beira 16.12.2016

Quantos anos esta investigação leva de atraso,assim como os recentes casos da Octapharma?

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub