Banca & Finanças Montepio acusado de falhas no controlo de branqueamento de capitais

Montepio acusado de falhas no controlo de branqueamento de capitais

O Banco de Portugal acusa o Montepio de falhas na fiscalização de branqueamento de capitais. Caso as acusações se confirmem, o banco pode ser alvo de coimas ente os 50 mil e os 5 milhões de euros, noticia o Público.
Montepio acusado de falhas no controlo de branqueamento de capitais
Negócios 28 de dezembro de 2016 às 09:06

O Banco de Portugal já deduziu acusações contra a Caixa Económica Montepio Geral bem como contra Tomás Correia e Almeida Serra, ex-presidente e ex-administrador, respectivamente, por falhas no controlo de branqueamento de capitais, avança o Público na edição desta quarta-feira, 28 de Dezembro.

Em causa está o facto de o banco não ter introduzido atempadamente os procedimentos necessários para controlar movimentos financeiros ilícitos.

Os processos do regulador tiveram como base uma auditoria forense realizada em 2015 pela Deloitte a vários bancos, na qual forma identificadas falhas relacionadas com a prevenção da utilização do sistema financeiro para branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.

Segundo o mesmo jornal os processo já deram lugar a acusações, mas não a condenações. Caso as acusações do Banco de Portugal se confirmem, a infracção pode culminar em coimas entre os 50 mil e os 5 milhões de euros.

Contactado pelo Público, fonte oficial do grupo Montepio remeteu os comentários para o Banco de Portugal.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado bicho 28.12.2016

Fico com dúvidas se há algum banco honesto digno desse nome, ou se os bancos passaram a ser organizações criminosas:
BPN
BPP
BCP
BES
BANIF
CGD
Montepio
!!!

comentários mais recentes
Anónimo 29.12.2016

Quantos desses larápios estão atraz das grades ?Aposto que nenhum. PORQUÊ?Porque é tudo farinha do mesmo pó: Cá pelo país prendem os pobres porque roubaram uma lata de feijoes pra comer. Deixam á solta corruptos e ladroes a serio.Rede da justiça pra eles tá pôdre t/grandes buracos fogem pelas malhas

JCG 28.12.2016

Os bancos não são honestos nem desonestos: as pessoas que lá mandam, pôem e dispõem é que o podem ser, tal como so tipos que estão abancados a alimentados a pão-de-ló nas organizações que têm por missão e justificação regular, supervisionar e fiscalizar e que são compeltamente indigentes, oportunistas e corruptos.
Como foi possível depois do estoiro financeiro ter sido despoletado, o supervisor Banco de Portugal - sob a direção daquela aventesma que depois se abrigou no BCE - continuar a permitir que bancos fizessem operações de titularização fictícia? como é possível continarem a ser autorizadas mais instituições de crédito ao consumo? para que vem servindo a suposta análise de integridade e competência dos candidatos a gestores feita pelo BdP? porque é que o supervisor e regulador não responsabilizou Conselhos Fiscais e auditores de forma exemplar? Como é a CMVM autoriza operações como a do aumento de K do BCP para chineses em prejuizo dos atuais acionistas?... etc

bicho 28.12.2016

Fico com dúvidas se há algum banco honesto digno desse nome, ou se os bancos passaram a ser organizações criminosas:
BPN
BPP
BCP
BES
BANIF
CGD
Montepio
!!!

Anónimo 28.12.2016

O que o regulador parece dizer é que o montepio se manteve em 2016 como a válvula de escape do sistema financeiro português que só sobrevive com capital obscuro. Durante décadas a economia paralela foi fomentada logo o dinheiro tem de estar em algum lado... investigue se !

ver mais comentários
pub