Banca & Finanças Montepio pode ter interesse para "consolidação"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Montepio pode ter interesse para "consolidação"

Carlos Costa defende que faz sentido fazer uma reflexão sobre a existência de uma instituição financeira da economia social, mas afasta-se de qualquer decisão. O governador desdramatiza e diz que o Montepio satisfaz os rácios.
Montepio pode ter interesse para "consolidação"
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 14 de fevereiro de 2018 às 21:40

O Montepio é interessante para bancos que queiram crescer e não tenham possibilidades de expandir-se de forma orgânica, defende o governador do Banco de Portugal.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
JCG Há 1 semana

Na lógica desse tipo, quem quer crescer e tem K só tem que ir engolindo outros operadores até... - é o limite - ficar com todo o mercado. O Sr Costa ainda não ouviu falar no valor da concorrência nos mercados e no dever que cabe às autoridades de assegurá-la? Qual é o papel efectivo do sr Costa?

JCG Há 1 semana

O gov do BdP é um caso exemplar de quem não faz o que lhe compete e mete-se onde não deve. Onde se devia meter com mais competência é na exigência de competência técnica efectiva e independência mútua de gestores e fiscalizadores do banco Montepio, identificando e removendo conflitos e interesses

JCG Há 1 semana

O quê? que conversa é essa? Se o gov do BdP disse mesmo isso, temos um caso de senilidade agravada ou então um lacaio de interesses manhosos que deve ser afastado do BdP imediatamente. Porque raio um banco como o do Montepio não pode existir enquanto banco autónomo?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub