Energia Musk: Nem a Tesla nem a SolarCity precisam de levantar capital

Musk: Nem a Tesla nem a SolarCity precisam de levantar capital

A Tesla e a SolarCity vão fundir-se. E Elon Musk, o principal accionista das duas empresas, revelou nas últimas horas no Twitter que as duas empresas não precisam de levantar capital no quarto trimestre.
Musk: Nem a Tesla nem a SolarCity precisam de levantar capital
Bloomberg
Ana Laranjeiro 10 de outubro de 2016 às 12:48

Em Junho, chegou a notícia que Elon Musk (na foto), CEO e maior accionista da Tesla, fez uma oferta para comprar outra empresa em que precisamente Musk é chairman e maior accionista. A Tesla, uma empresa que produz carros eléctricos, fez assim uma oferta para comprar a SolarCity. Esta empresa foi fundada em 2006 por Lyndon Rive e Peter Rive – primos de Elon Musk - e dedica-se ao desenho, financiamento e instalação de sistemas de energia solar. 

Em Agosto, foi anunciado o acordo. A Tesla vai pagar 2,6 mil milhões de dólares (mais de 2,32 mil milhões de euros) pela SolarCity.

Este domingo, Elon Musk revelou que nem a Tesla nem a SolarCity precisam de levantar capital. O empreendedor usou a rede social Twitter para fazer esta revelação. "Gostaria de corrigir as expectativas que a Tesla e SolarCity vão precisar de obter capital ou dívida corporativa no quarto trimestre. Não vai ser necessário para nenhuma", escreveu.


Este esclarecimento surge depois de no final de Agosto, segundo a Bloomberg, os funcionários da Tesla terem recebido um email onde era assinalado que a empresa ia precisar de mais dinheiro no quarto trimestre, meses em que a produção do Modelo 3 aumenta. No terceiro trimestre, de acordo com os dados divulgados recentemente citados pela agência, a Tesla exportou 24.500 veículos eléctricos, superando as estimativas dos analistas.

Um documento que deu entrada na comissão norte-americana de valores mobiliários na última sexta-feira, 7 de Outubro, em que a Tesla afirma que as operações actuais da empresa fornecem a "liquidez adequada" até ao final do ano fiscal. Mas tem planos para levantar fundos adicionais antes do final do ano, refere a Bloomberg. O valor não foi especificado.


Também este domingo, 9 de Outubro, Elon Musk usou as redes sociais para anunciar que na próxima segunda-feira, 17 de Outubro, a Tesla vai apresentar um novo produto.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 10.10.2016

VEM AÍ UM ESTOURO

pub