Empresas Navigator e Semapa alteram período anual de prestação de contas

Navigator e Semapa alteram período anual de prestação de contas

Nas assembleias gerais da The Navigator Company e da Semapa realizadas esta sexta-feira, 30 de Dezembro, os accionistas de ambas as empresas votaram favoravelmente a proposta de alteração do ano fiscal.
Navigator e Semapa alteram período anual de prestação de contas
Bloomberg
Carla Pedro 30 de dezembro de 2016 às 20:07

A Navigator e a Semapa vão passar a ter um ano fiscal diferente, que deixa de ser coincidente com o ano civil – de Janeiro a Dezembro – e passa a decorrer entre 1 de Julho e 30 de Junho.

As propostas dos conselhos de administração da ex-Portucel e da Semapa (holding que controla a Navigator e a Secil) foram aprovadas nas assembleias gerais extraordinárias que tiveram lugar esta sexta-feira, 30 de Dezembro.

Em comunicado à CMVM, a Navigator informou que foi deliberado, por unanimidade, aprovar a proposta do conselho de administração no sentido de "alterar, com efeitos a partir do próximo ano, o período anual de prestação de contas da Navigator para o período que decorrer entre o dia 1 de Julho de cada ano e o dia 30 de Junho do ano subsequente".

A empresa acrescenta que, neste âmbito, foi igualmente aprovada a proposta de o primeiro exercício económico da Navigator posterior a esta alteração ter a duração de 6 meses, com início no dia 1 de Janeiro de 2017 e termo no dia 30 de Junho de 2017".

Por seu lado, a Semapa divulgou junto da CMVM um comunicado no mesmo sentido, com as mesmas orientações.

Em ambos os documentos, a Navigator e a Semapa salientam que, caso venham a "obter junto das autoridades competentes e antes do encerramento do período de prestação de contas, que decorrerá até ao dia 30 de junho de 2017, os necessários esclarecimentos e garantias conforme referido na proposta", ambas diligenciarão no sentido de revogar estas deliberações e "manter o período de prestação de contas coincidente com o ano civil".

O Orçamento do Estado para 2017 impõe que as empresas façam coincidir o período de tributação e o período social de prestação de contas, o que até agora não acontecia na Semapa nem na Navigator, recorda a Lusa.


(notícia actualizada às 20:41)




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ramiro dos Santos 30.12.2016

As melhores Empresas cotadas no Ps-20 , exportadoras , bons dividendos, investidoras, criando postos de trabalho, são o refugio com segurança dos pequenos investidores, que merecem toda a credibilidade, vale a pena apostar num tempo em que os bancos, os juros são quase zero.

pub