Media Negócios consolida liderança online

Negócios consolida liderança online

O site do Negócios registou em Agosto mais de 4,7 milhões de visitas, segundo os dados do Netscope, um resultado que o coloca na liderança das publicações económicas.
Negócios consolida liderança online
Negócios 18 de setembro de 2017 às 21:24

O Negócios consolidou, em Agosto, a sua liderança no online, no segmento das publicações económicas. Segundo os dados da Netscope o Negócios, jornal do grupo Cofina, registou naquele mês 4.706.349 visitas, muito à frente da concorrência. O Jornal Económico ficou-se pelas 3.768.863 visitas e o Dinheiro Vivo, do grupo Global Media ainda mais distante, com 2.909.516 visitas.


A liderança do Negócios é extensível ao critério das páginas vistas PV), sendo que em Agosto esse número ascendeu a 13.407.904, enquanto as duas outras publicações se quedaram pelos 8.467.210 (Jornal Económico) e 12.649.722 (Dinheiro Vivo).

As outras publicações do grupo Cofina também tiveram resultados muito positivos em Agosto. O Correio da Manhã manteve-se como o site dos jornais generalistas com mais PV em Portugal. O CM totalizou cerca de 137 milhões de PV (25.111.746 visitas) enquanto o JN se ficou por pouco mais de 92 milhões (21.370.075 visitas).


Entre as outras publicações do grupo Cofina destaque também para o Record, Flash e Sábado. O site desportivo registou em Agosto mais de 23 milhões de visitas, a Flash fechou o mês com 2,7 milhões e a Sábado mantém uma trajectória ascendente, com 2,6 milhões de visitas.


No conjunto, as publicações da Cofina lideram o ranking da Netscope relativo às páginas vistas por grupo editorial, totalizando mais de 371 milhões.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado 5640533 Há 23 horas

JN há muito não é o que era. Para pior. Ainda quer vender e-paper para quem não está mesmo interessado. A pagina online e uma bagunca. A mesma noticia é repetida no mínimo 3 vezes. O grafismo é do falido DE.

comentários mais recentes
Alvaro Há 9 horas

Não vai durar.
1º/ É bom não se transformarem numa segunda edição do CM e terem personalidade própria (demasiados artigos partilhados e sem interesse)
2º/ Evitem CAVALADAS como o é o facto de obrigarem o leitor de um artigo, teoricamente sério, a ouvir publicidade sonora permanentemente repetida e sem possibilidade de ser interrompida ( exemplo: BPI - Prémios Empreendedor). Acaba por IRRITAR contra ambos, o JN e o anunciante! Não é uma atitude séria para um jornal que pretende tratar de assuntos que o deveriam ser.

5640533 Há 23 horas

JN há muito não é o que era. Para pior. Ainda quer vender e-paper para quem não está mesmo interessado. A pagina online e uma bagunca. A mesma noticia é repetida no mínimo 3 vezes. O grafismo é do falido DE.

pub