O Negócios Negócios liderou a informação económica em 2017

Negócios liderou a informação económica em 2017

O Negócios fechou o ano passado como líder da informação económica, tanto ao nível das visitas como no critério das páginas vistas, de acordo com o ranking do Netscope.
Negócios liderou a informação económica em 2017
Miguel Baltazar
Negócios 12 de janeiro de 2018 às 11:36

O Negócios fechou o ano como líder incontestado no online no segmento das publicações económicas, tendo registado um total de 58,4 milhões de visitas, de acordo com o ranking Netscope. Este número corresponde a uma quota de 41,2% contra 36% do Jornal Económico (51 milhões de visitas) e 22,8% do Dinheiro Vivo (32,2 milhões de visitas).

Esta liderança estende-se também ao nível das páginas vistas ao longo de 2017. O Negócios registou, no total dos 12 meses, 175,9 milhões de páginas vistas, o que corresponde a uma quota de mercado de 39,6%. O Dinheiro Vivo registou 148,7 milhões de páginas vistas (33,5%) e o Jornal Económico 119,7 milhões (26,9%).

O segmento dos jornais generalistas é também liderado por outra publicação do grupo Cofina. O Correio da Manhã conseguiu, em 2017, um total de 289,2 milhões de visitas, à frente do Jornal de Notícias que se ficou pelas 249,7 milhões de visitas. No segmento das páginas vistas, o Correio da Manhã registou um total de 1,6 mil milhões, enquanto o JN teve 1,1 mil milhões.

As outras publicações da Cofina também se destacaram nos respectivos segmentos de mercados. O desportivo Record encerrou 2017 com 264,1 milhões de visitas, a revista Sábado teve 26,4 milhões, a Flash 32,3 milhões, e a Máxima 3,9 milhões.




pub