Comércio Nespresso não prevê "para já" vender cápsulas fora das lojas próprias em Portugal

Nespresso não prevê "para já" vender cápsulas fora das lojas próprias em Portugal

A venda de cápsulas Nespresso fora das lojas próprias é uma experiência piloto na Alemanha, que poderá depois ser estendida a outros mercados, mas não há nenhuma decisão sobre esta matéria.
Nespresso não prevê "para já" vender cápsulas fora das lojas próprias em Portugal
Vítor Mota/Correio da Manhã

A Nestlé começou a vender cápsulas Nespresso fora dos pontos de venda próprios da marca, marcando uma mudança na estratégia desenvolvida até agora.

 

Tal como noticiou a agência Bloomberg, a marca de café está a instalar espaços "N-Points" em lojas da Media Markt, Saturn e Galeria Kaufhof na Alemanha, onde os clientes podem comprar cápsulas.

 

Contudo, este é apenas um projecto-piloto, restrito ao mercado alemão, não sendo certo que vá ser aplicado noutros mercados.

 

"Como qualquer projecto-piloto, após a sua implementação a marca irá avaliar o impacto do mesmo por forma a expandir, ou não, o projecto a outros parceiros e/ou mercados", refere a Nespresso em resposta a questões colocadas pelo Negócios, acrescentando que "para já, não prevemos a sua implementação no mercado português".

 

Apesar de manter o controlo sobre os preços, é a primeira vez que a Nespresso disponibiliza as suas cápsulas através de terceiros. Até agora as compras só podiam ser feitas nas lojas próprias, online ou por telefone.

 

Anna Lenz, Market Director da Nespresso, assinala que "cada mercado Nespresso procura constantemente inovar e criar soluções para ir ao encontro das necessidades dos seus consumidores, localmente", dando como exemplo que "em Portugal, a nossa marca tem vindo a  reforçar a sua proximidade com os consumidores portugueses, nomeadamente através do alargamento da nossa rede de Boutiques".

 

A marca da Nestle conta actualmente com 20 boutiques e as entregas são gratuitas em todas as encomendas nos dias úteis, sendo que existem 1.500 pontos de recolha disponíveis de norte a sul do país.

 

Em Junho passado, a marca inaugurou um NKiosk no centro comercial El Corte Inglès em Vila Nova de Gaia. É o quarto espaço do género em Portugal, em formato de quiosque nos centros comerciais, onde a Nespresso mantém a gestão. Um dos objectivos do formato passa por "reforçar a acessibilidade da marca" junto dos consumidores.

 

"Tal projecto deve ser visto de uma forma positiva, como um caminho para a Nespresso encontrar novos consumidores", considera o analista Jean-Philippe Bertschy do Bank Vontobel, estimando vendas de cinco mil milhões de francos suíços (4.500 milhões de euros) em 2016 para a marca.


A par da água e dos alimentos para animais, o café é uma das áreas de aposta do novo CEO da Nestlé, Mark Schneider, uma vez que assinalam crescimentos mais rápidos que os chocolates ou os "snacks".


A Nespresso, em particular, lida com o problema das cópias mais baratas, numa altura em que as suas patentes têm vindo a expirar e as rivais aproveitam para lançar cápsulas compatíveis com estas máquinas.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
thej 13.07.2017

Está-me a fazer lembrar a Sony com os leitores de MP3 portáteis.... Quando finalmente acordaram para a vida já era tarde demais... Hoje em dia já conseguimos comprar cápsulas compatíveis, mais baratas e mais ecológicas em todo lado. Supermercados, Hipers, estações de serviço.... E tudo porque quando íamos a estes locais e queríamos levar cápsulas eram as que havia....

Saber mais e Alertas
pub