Banca & Finanças Novo Banco põe fim a ajudas públicas em Fevereiro
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Novo Banco põe fim a ajudas públicas em Fevereiro

O Novo Banco reembolsa em Fevereiro última emissão de dívida com garantia de Estado, de 1.500 milhões. Com este pagamento, instituição põe fim às ajudas públicas. Mas os compromissos com Bruxelas só acabam em Junho
Novo Banco põe fim a ajudas públicas em Fevereiro
David Martins/Correio da Manhã
Maria João Gago 20 de janeiro de 2017 às 00:01

O Novo Banco prepara-se para pôr fim às ajudas públicas de que ainda beneficia, com o reembolso em Fevereiro da última emissão de dívida com garantia do Estado. Em causa estão os últimos 1.500

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 20.01.2017

DÁ-ME a impressão que este novo banco ainda vai parar nas mãos da familia esp.santo.Podem escrever.MAIS TARDE FALAREMOS. Já apareceu o priminho a dizer que vai pôr de novo o bes de pé. Portanto deixo aqui este comentario, se bom ou mau? Não sei. Podem fazê-lo com o cacau usurpado aos portugueses

Anónimo 20.01.2017

Se o fundo abutre comprar o banco por 750 milhões é mais um negócio ruinoso para Portugal... a juntar e a recordar os valores das vendas do BPN e do Pavilhão Atlântico é uma obrigação Nacional !

Lusitano 20.01.2017

Curioso. Afinal não está assim tão mal como dizem. Reembolsa ao todo mais de 3 mil milhões em 3 meses. Valerá mesmo assim tão pouco como dizem ?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub