Empresas Novo cartão de sócio do Benfica custa 20 euros e oferece 24 em quotas

Novo cartão de sócio do Benfica custa 20 euros e oferece 24 em quotas

Há um novo cartão de sócio do Benfica, com lançamento marcado para 28 de Novembro. Desenvolvido pela Lop Consulting, em parceira com a epay, permitirá fazer compras à semelhança de um serviço pré-pago. Custa 20 euros e oferece 24 em quotas e um cachecol oficial do SLB.
Novo cartão de sócio do Benfica custa 20 euros e oferece 24 em quotas
Luís Vieira
Rui Neves 23 de Novembro de 2016 às 12:24

A Lop Consulting, empresa portuguesa especializada em marketing comercial na área das tecnologias de informação e comunicação, lança na próxima segunda-feira, 28 de Novembro, o novo cartão de sócio SLB, no âmbito da estratégia de activação global da marca Sport Lisboa e Benfica, que permitirá a adesão a serviços e produtos nos pontos de venda aderentes.

"Desenvolvemos um cartão POSA (point of sale activation) vocacionado para os novos sócios do clube multidesportivo, em parceria com a multinacional americana epay. Os cartões contêm um código de barras que é desbloqueado e activado no acto da compra, à semelhança de um serviço pré-pago", descreve Vítor Rosa, CEO da Lop Consulting, em comunicado.

Os adeptos do Benfica poderão tornar-se sócios pelo valor de 20 euros, com a oferta de 24 euros em quotas e um cachecol oficial SLB, em alguns dos pontos de venda aderentes, como as lojas Benfica, Worten, Continente, Jumbo, Intermarché, Media Market, El Corte Inglês ou Repsol.

Sediada em Lisboa, a Lop Consulting garante que ultrapassou os seis milhões de euros de facturação no ano passado, valor que representou "um crescimento de mais de 50% relativamente ao ano transacto".




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
fred Há 2 semanas

Pelo menos oferecem alguma coisa. Não é como os bancos, que todo o dinheiro que se lá investe/investiu, voou.

Anónimo Há 2 semanas

O MALABARISMO CONTINUA. TUDO SERVE PARA ENGANAR QUEM GOSTA DE SER ENGANADO.

joaoaviador Há 2 semanas

A coisa está preta!

Anónimo Há 2 semanas

SALDOS!!!!

pub
pub
pub
pub