Automóvel Nutonomy estende testes de automóveis autónomos para Boston

Nutonomy estende testes de automóveis autónomos para Boston

A startup responsável pelo desenvolvimento de veículos de condução autónoma em Singapura prepara-se para testar veículos nas estradas de Boston.
Nutonomy estende testes de automóveis autónomos para Boston
Reuters
Negócios 21 de Novembro de 2016 às 12:48

A partir do final deste ano, os automóveis da Nutonomy passarão a circular em Boston. O objectivo passa por testar os veículos autónomos em condições meteorológicas diferentes das de Singapura, onde a empresa tem vindo a desenvolver testes de condução desde Agosto.

 

Segundo o Wall Street Journal, a Nutonomy assinou esta segunda-feira, 21 de Novembro, um acordo com a cidade de Boston e o estado de Massachusetts para testar publicamente o modelo eléctrico Renault Zoe com o software de condução autónoma desenvolvida pela startup.

 

Karl Iagnemma, co-fundador da Nutonomy, refere em comunicado citado pela mesma fonte que os testes em Boston permitirão aos engenheiros adaptar o seu software de condução autónoma aos desafios de tráfego e atmosféricos do "ambiente de condução único" da cidade norte-americana.

 

Os primeiros testes envolverão um automóvel e terão lugar em Raymond L. Flynn Marine Park, uma zona industrial no sul de Boston. Os testes colocarão os sistemas de Nutonomy à prova perante condições meteorológicas adversas e um ambiente urbano de condução. Enquanto os testes de Singapura já testaram os veículos autónomos em ambientes chuvosos, Boston poderá fornecer outro tipo de ambientes meteorológicos adversos, nomeadamente com neve.

 

Iagnemma afirma estar à procura de outras cidades e, aponta o Wall Street Journal, revelará novas localizações de testes por todo o mundo dentro de meses. "Não quer dizer que será em todas as cidades pelo mundo ao mesmo tempo. Há uma série de mercados que verão esta tecnologia primeiro… É uma jogada global", refere.

 

A escolha de Boston para correr os testes surge num contexto em que a cidade anunciou no passado mês de Setembro uma parceria com o Fórum Económico Mundial no sentido de desenvolver recomendações políticas para a condução autónoma e para apoiar testes. "Estamos focados no futuro da nossa cidade e na forma como a população de movimenta", afirmou o Mayor Martin Walsh na altura.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub