Banca & Finanças "O BPI, como subsidiária do La Caixa, vai continuar a ser um grande concorrente"

"O BPI, como subsidiária do La Caixa, vai continuar a ser um grande concorrente"

O presidente do BCP reconhece que "o BPI/La Caixa vai ser um grande desafio", mas diz esperar que o banco que lidera possa também ser, a prazo, um grande desafio para os catalães.
"O BPI, como subsidiária do La Caixa, vai continuar a ser um grande concorrente"
Maria João Gago 08 de maio de 2017 às 18:19

Nuno Amado acredita que depois de o CaixaBank ter passado a controlar o BPI, este banco vai "continuar a ser um grande concorrente". Mas o presidente do BCP espera que a instituição que lidera "possa ser, a prazo, um grande desafio para o BPI/La Caixa".

 

"Não tenho dúvida de que o BPI, como subsidiária do La Caixa, vai continuar a ser um grande concorrente. Mas a concorrência é muito bem-vinda", defendeu Nuno Amado esta segunda-feira, 8 de Maio, durante a conferência de imprensa de apresentação de resultados, quando questionado sobre o facto de o CaixaBank ter passado a dominar a instituição.

 

O presidente do BCP reconheceu que "o BPI/La Caixa vai ser um grande desafio para nós. Mas espero que possamos ser, a prazo, um grande desafio para eles".

 

Para Nuno Amado, "o importante é ter uma concorrência diversa, com bancos públicos e privados e entre os privados com bancos portugueses e estrangeiros com diversidade de mercados de origem".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub