Negócios num minuto  O que fez Paulo Macedo no primeiro ano na CGD?

O que fez Paulo Macedo no primeiro ano na CGD?

Paulo Macedo é presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos há exactamente um ano. Os desafios têm sido muitos, conforme explica Diogo Cavaleiro, jornalista do Negócios.
A carregar o vídeo ...
Negócios 01 de fevereiro de 2018 às 17:49



A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado O que fez Paulo Macedo pela Caixa ? 01.02.2018

Fez talvez o necessário para a sobrevivência da Caixa, atuando dolorosamente pela negativa.
Mas a partir de agora, espera-se que venha a fazer o desejável pelo Futuro da Caixa e a bem dos seus Clientes, atuando criativamente pela positiva.

comentários mais recentes
Re: O que fez Paulo Macedo pela Caixa ? 01.02.2018

Muito mais do que estava a ser feito, mas muito menos do que seria preciso fazer.

Maria 01.02.2018

Despediu trabalhadores. Fechou agencias. Aumentou comissões. Tem uma Administração que que nunca mais acaba. Recebeu milhões dos contribuintes portugueses. Um grande gestor da treta

O que fez Paulo Macedo pela Caixa ? 01.02.2018

Fez talvez o necessário para a sobrevivência da Caixa, atuando dolorosamente pela negativa.
Mas a partir de agora, espera-se que venha a fazer o desejável pelo Futuro da Caixa e a bem dos seus Clientes, atuando criativamente pela positiva.

Ladrão sem vergonha 01.02.2018

PAULO MACEDO encontrou as vítimas perfeitas nos pobres dos reformados e naqueles que não se podem defender, sugando-os até mais não poder e repetidamente.
Enquanto todo este saque inaudito decorre, o CARLOS SANTOS FERREIRA, dos principais culpados nos fundos delapidados da CGD, fica incólume.

ver mais comentários
pub