Telecomunicações Oi terá aprovado novo plano de recuperação judicial

Oi terá aprovado novo plano de recuperação judicial

O conselho de administração da Oi já terá aprovado a proposta do plano de recuperação judicial que irá apresentar aos credores, no próximo dia 23 de Outubro.
Oi terá aprovado novo plano de recuperação judicial
Reuters
Sara Ribeiro 06 de outubro de 2017 às 13:31

A Oi terá aprovado na quinta-feira a proposta do plano de recuperação judicial da operadora que será apresentado aos credores em assembleia-geral agendada para o dia 23 de Outubro. A notícia é avançada pelo site brasileiro Valor Econômico, que cita duas fontes próximas do processo.

A nova versão do plano já terá tido o "ok" do regulador brasileiro de telecomunicações (Anatel), que no início de Agosto tinha pedido à Oi para refazer o plano de recuperação judicial por ter algumas dúvidas sobre a "fiabilidade temporal" da versão apresentada.

As mesmas fontes adiantaram ao site brasileiro que ainda "há detalhes" da nova proposta por definir, mas as linhas gerais foram aprovadas durante a reunião de quinta-feira do conselho de administração da operadora.

A nova proposta já deveria ter sido aprovada em reunião na semana passada. No entanto, houve divergências entre os administradores e os accionistas da operadora, que tem a Pharol como maior accionista. Uma situação que levou a Anatel a emitir um comunicado a revelar que havia "indícios de conflito de interesse", relembra o Valor Econômico.

A mesma fonte conta que uma das divergências teve como base a proposta dos representantes do fundo Société Mondiale, do empresário Nelson Tanure, a qual defendia a utilização dos recursos financeiros em caixa para pagar dívidas

 

Em Junho do ano passado a Oi avançou com um pedido de recuperação judicial, o maior da história brasileira com uma dívida superior a 65 mil milhões de reais. A Anatel é uma das maiores credoras da Oi. A operadora acumulou multas de cerca de 11 mil milhões de reais (cerca de 3 mil milhões de euros).

Recentemente, a Oi também anunciou que a assembleia geral de credores foi adiada de 9 para 23 de Outubro, em primeira convocatória e dia 27 de Novembro, em segunda convocatória.




A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Não diz nada 06.10.2017

Tirando o philorito, que tem capacidades de vidente e sabe antecipar o futuro ao minuto, é impossivel investir numa empresa nesta situação. O futuro dirá o grau de destruição de valor para os atuais acionistas. Para já, estamos a falar apenas da proposta que os acionistas vão apresentar aos credores. Irão os credores aceitar, contrapropor ou obrigar à falência? O philorito sabe concerteza, mas os restantes mortais mantêm-se na dúvida. E mesmo que aceitem, isso não garante o futuro da Oi, visto que a empresa dá prejuizos cada vez maiores. Para já, só mesmo alucinados pelo risco se metem nisto.

comentários mais recentes
Pharolito 08.10.2017

João Santos. Os obrigacionistas, acionistas e credores já chegaram a um acordo porque todos ficam a peder caso não for aprovado o plano de Oi no dia 23. Digo mas...PHAROL com apoio de Altice vai entrar no aumento de capital de Oi.

José Santos 07.10.2017

O sr. Não diz nada ! Qual é a sua opinião quanto aos obrigacionistas?

Pharolito 06.10.2017

....e digo mais. Nelson Tenure de grupo Moelis quer o controlo de Oi. SIm o medmo Tenure que é um dos maiores accionista de...PHAROL. Sera que tenho de dizer mais???

Pharolito 06.10.2017

Sabemos que a ANATEL é o maior entravo na OI. Si a Amatel dá o ok não existe mais nada para dizer. É obvio que o governo do Temer esta a fazer tudo para não deixar cair a OI. Não sou vidente mas...continuo a pensar e estou convicto que PHAROL vai tocar nos 0.55/0.60 depois do dia 23Out.

ver mais comentários
pub