Media Olá destrona Nestlé como marca preferida

Olá destrona Nestlé como marca preferida

Entre os dez primeiros lugares, destaque para as marcas de alimentação e bebidas. Há quatro insígnias lusas representadas no Marktest Reputation Index 2017.
Fernando Ferreira Pedro Catarino/Correio da Manhã Reuters Mariline Alves/Correio da Manhã Ricardo Almeida/Correio da Manhã Reuters Mariline Alves/Correio da Manhã Paulo Duarte/Negócios
Wilson Ledo 29 de maio de 2017 às 14:02

É um amor que dura para lá dos tempos de calor. A Olá foi eleita a marca com melhor reputação em Portugal, segundo o Marktest Reputation Index 2017.

 

Com uma classificação de 83,22 – assente em critérios como confiança, imagem, admiração ou familiaridade - a insígnia de gelados destronou a Nestlé, que cai para o segundo lugar com 82,54.

 

O pódio deste índice – que avaliou 150 marcas de 25 categorias - é fechado na área automóvel, com a Mercedes.

 

Os sumos de fruta da Compal transformam-na na primeira marca portuguesa a figurar entre as mais reputadas. São só quatro as presenças lusas nas dez primeiras posições: Compal, Luso, TAP e Mimosa.

 

Se no ‘top’ onde predominam os produtos alimentares e bebidas, outras análises mais segmentadas permitem perceber os gostos dos portugueses.

 

Nos telefones inteligentes, a Samsung bate a Apple, por exemplo. Já nas companhias aéreas "low cost" a preferência é dada à Ryanair.

Quais as 10 marcas mais reputadas?

  1.     Olá - 83,22
  2.     Nestlé - 82,56
  3.     Mercedes - 82,54
  4.     Compal - 81,77
  5.     Luso - 81,77
  6.     BMW - 80,26
  7.     TAP - 79,87
  8.     Danone - 79,83
  9.     Mimosa - 79,77
  10.     Milka - 79,26

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub