Construção Opway perde negócios por falta de garantias da CGD
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Opway perde negócios por falta de garantias da CGD

A Opway depende da CGD para obter garantias bancárias e concorrer a obras fora de Portugal. Desde a mudança de administração do banco que as garantias não são concedidas, dizem os gestores da construtora.
Opway perde negócios por falta de garantias da CGD
Miguel Baltazar

Almerindo Marques deixou a presidência executiva da Opway. Miguel Mateus assumiu a liderança – que espera que seja temporária – e Paulo Curado permanece na gestão financeira. Mas muito mudou na vida da construtora

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
luis Há 3 semanas

Que vão ao Totta!

Johnny Há 3 semanas

Tudo na mais atroz IMPUNIDADE

Johnny Há 3 semanas

Neste momento dá muito nas vistas passar empréstimos milionários ruinosos a amigalhaços
OPWAY esperem mais um pouquinho que os tugas logo viram a atenção para o futebol do costume e depois já podem sacar uns milhões para depois declarar insolvência e os tugões analfabrutos pagarem.

Ja roubam pouco Ja. Há 3 semanas

Acabaram com os ratos: Empresas da treta,ja nao têm os Varas e Companhia para olear estes empresarios da cera. Quanto e que Devem, seria mais importante saber isso, que as dificuldades destes Boys. Facam-se a vida carago, e desemparem a loja como dizia o outro.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub