Construção Outubro com mais concursos abertos e mais contratos publicados

Outubro com mais concursos abertos e mais contratos publicados

O número de concursos abertos para aquisição de bens, serviços e empreitadas atingiu em Outubro números que não se verificavam há 33 meses. O ajuste directo foi o procedimento usado em 83% dos contratos publicados.
Outubro com mais concursos abertos e mais contratos publicados
Konstantinos Tsakalidis/Bloomberg
Negócios 09 de dezembro de 2016 às 17:24

Outubro passado foi o mês, desde Janeiro de 2014, em que se registou o maior número de anúncios publicados em Diário da República para a aquisição de bens, serviços e empreitadas.

De acordo com a primeira síntese mensal sobre contratação pública em Portugal do Instituto dos Mercados Públicos, do Imobiliário e da Construção (IMPIC), em Outubro foram publicados 773 anúncios de abertura de concursos, totalizando 301 milhões de euros. Destes, 166 milhões (55%) dizem respeito a obras públicas e 135 milhões a contratos de bens e serviços.

Segundo a entidade reguladora do sector da construção e do imobiliário, os anúncios publicados em Outubro - mais 51 do que em Setembro – representam um crescimento da despesa prevista de 21 milhões de euros. Já comparativamente com Outubro de 2015, representam uma redução da despesa prevista de 85 milhões.

De acordo com a mesma síntese, os contratos publicados no portal Base em Outubro atingiram os 478 milhões de euros, o que representa um crescimento da despesa contratada de 98 milhões de euros face ao mesmo período do ano anterior.

O número de contratos atingiu os 9.651, tendo o ajuste directo sido o procedimento mais utilizado (83%), somando 8.051 no montante de 201 milhões de euros.

De acordo com o IMPIC, os contratos por concurso público publicados no Base foram 810, no valor de 197 milhões, seguindo-se, pro procedimento, o acordo-quadro, que somou 776 contratos de 71 milhões de euros. Com base em concurso limitado com prévia qualificação foram publicados 14 contratos no valor de nove milhões.

Em Outubro de 2016 foram publicados menos 3.377 contratos do que no mesmo mês de 2015. Os 9.651 contratos agora publicados ultrapassam o número médio mensal verificado desde Janeiro de 2014, que é de 8.881, refere o IMPIC.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 09.12.2016

Obrigado Passos Coelho e Paulo Portas que sem voz portugal estava como a Grecia sem poder ir aos mercados,e como todos nos sabemos:quem nao tem dinheiro,nao tem vicios.Os portugas sao mal agradecidos:querem ter a MULA cheia,nao importa como.

pub