Web Summit Papandreou: Após a vitória de Trump “espero o melhor para os EUA. E para o mundo”

Papandreou: Após a vitória de Trump “espero o melhor para os EUA. E para o mundo”

O antigo primeiro-ministro da Grécia defendeu o futuro da internet como uma “ágora digital” para a democracia. A eleição de Trump é a vitória de “um tipo de liderança”.
Papandreou: Após a vitória de Trump “espero o melhor para os EUA. E para o mundo”
Isabel Aveiro 10 de Novembro de 2016 às 21:03

"Estamos a falar de vários tipos de liderança – de que tipo precisamos?". "Há uma que assenta na solução única", assente no "eu", que pode recorrer a um estilo "arena romana" de "poder e sangue" e isso é "óptimo para um reality show", defendeu esta quinta-feira Georgios Papandreou, esta quinta-feira, 10 de Novembro, em Lisboa, durante o último dia do Web Summit.

O político, que foi primeiro-ministro da Grécia entre 2009 e 2011, pelo PASOK, completou que, na sua visão, há ainda "outro tipo de liderança" que reconhece que há problemas e tenta resolvê-los em conjunto. Um tipo de liderança que se "move pelo mérito" em que "há um quadro de valores muito claro, mas onde há lugar para a diversidade".

Sobre as eleições que esta terça-feira deram a presidência dos Estados Unidos da América a Donald Trump, o comentário do antigo governante grego foi: "Espero o melhor para os EUA. E para o mundo". Mas acredita que "há muita raiva [nos EUA] e muita dela foi fomentada por Trump", para acrescentar que a solução, possivelmente, estará num lugar "muito diferente" daquele em que está o agora recém-eleito presidente republicano.

Papandreou, que advogou que os "líderes que querem ser líderes" têm que se habituar e dar o lugar a outros e a "não ficarem agarrados ao lugar", defendeu o uso da internet para bem da democracia. Noutros moldes ao de hoje. "A internet deveria ser a "uma ágora [na acepção grega da palavra] digital", mas "muitas vezes ficamos isolados no nosso mundo digital", concluiu.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub