Indústria Paulo Fernandes volta a reforçar na Altri

Paulo Fernandes volta a reforçar na Altri

O co-CEO da companhia de pasta e papel passou a deter uma posição de 11,86% no capital da Altri depois de ter comprado 100 mil acções na sessão de sexta-feira.
Paulo Fernandes volta a reforçar na Altri
Nuno Carregueiro 03 de outubro de 2017 às 11:09

Os gestores da Altri continuam a comprar acções da empresa. Paulo Fernandes, que é co-CEO da companhia, comprou 100 mil acções da sessão de sexta-feira, 29 de Setembro, a preços entre 4,3 e 4,4 euros.

 

Através da Actium Capital, holding que controla, o gestor investiu pelo menos 430 mil euros neste reforço de posição, depois de entre 11 e 13 de Setembro ter adquirido 200 mil acções.

 

Depois das destas aquisições, Paulo Fernandes (que também é CEO da Cofina, empresa que controla o Negócios)  passou a deter 24.324.874 acções da Altri, que correspondem a 11,86% do capital da companhia, refere um comunicado enviado à CMVM.

 

Paulo Fernandes não é o único gestor da Altri que está a comprar acções da cotada. O administrador Domingos José Vieira de Matos comprou 100 mil acções da Altri, entre os dias 21 e 26 de Setembro. Através da holding Livrefluxo, Domingos de Matos passou a deter 24.250.110 acções da Altri, que representam 11,82% do capital da cotada.

 

O reforço dos gestores acontece numa altura em que as acções da Altri negoceiam em máximos. Os títulos estão hoje a subir 2,98% para 4,729 euros, a cotação mais elevada desde Janeiro de 2016.

 

No acumulado do ano os títulos somam 22,5%, sendo face aos mínimos de Setembro registam já uma subida de 30,6%. As cotadas do sector da pasta e papel têm beneficiado mais recentemente com a subida dos preços da pasta e com a recuperação do dólar face ao euro.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
joseotto Há 2 semanas

Obrigado pela informação ! Não conseguia compreender este euforismo da Altri que contrastava com a evolução "modesta" da Navigator. Esta ,afinal , vai à "boleia " da ALtri . Preparem-se para o estoiro !

Anónimo Há 2 semanas

Os administradores estão a comprar em máximos porque no próximo dia 3 de Novembro aquando da apresentação dos resultados do 3º trimestre irá ser proposto o pagamento de dividendo extraordinário tal como ocorreu em igual periodo de 2015, na qual se verificou semelhante capitalização bolsista.

AITRI, UMA ILUSAO Há 2 semanas

E asim que ha mais ricos, com este truque , mas a mim tambem nao me enganam, breve e queda pela certa.

Anónimo Há 2 semanas

Pronto agora já percebo porque tanto tem subido a Altri! agora agarrem-se bem... porque a correcção vai ser forte. Já caí nesta algumas vezes... para mais com a subida do euro, vai lá vai... é claro que estou com dor de cotovelo porque vendi quando o doido da Coreia do norte começou na lançar "foguetes", mas agora nesta euforia, não compro, não!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub