Media Paulo Neves: "Conteúdos são elemento fundamental de diferenciação da nossa oferta"

Paulo Neves: "Conteúdos são elemento fundamental de diferenciação da nossa oferta"

Não se quis alongar sobre o interesse na Media Capital. Paulo Neves repetiu apenas o que a Altice já tinha dito no comunicado. Mas reforça a importância dos conteúdos para a empresa.
Paulo Neves: "Conteúdos são elemento fundamental de diferenciação da nossa oferta"
Bruno Simão
Alexandra Machado 05 de julho de 2017 às 00:03
Sobre o interesse da Media Capital pela Altice, Paulo Neves, presidente da PT, não se alongou e até repetiu: "só tenho a dizer o que já é público. Estamos a falar".

A Altice confirmou que tinha abordado a Prisa para a aquisição da Media Capital. A confirmação foi feita com a publicação da carta enviada à Media Capital, na qual a Altice "confirma que iniciou interlocuções exploratórias com a Prisa relativas à potencial aquisição da participação da Prisa na Media Capital".

Paulo Neves, questionado de várias formas sobre este assunto, não se alongou. Mas fez saber, no jantar-debate organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), que os conteúdos são um dos pilares de desenvolvimento da empresa. Mas reforçou: "a Altice já tem conteúdos em Portugal", salientando que "os conteúdos são algo importante da nossa estratégia, como factor diferenciador da nossa oferta".

A Altice não esconde que quer conteúdos. "Temos a nossa estratégia, outros [operadores] terão outra", salientou Paulo Neves, reafirmando que os conteúdos "são um elemento fundamental de diferenciação da nossa oferta", para ter uma solução global e convergente.

Paulo Neves disse o mesmo nesse jantar-debate sobre potenciais alternativas à Media Capital: "o nosso objectivo é ter os conteúdos como parte integrante da nossa oferta".

A aproximação da Altice à Prisa para vender a Media Capital está em fase avançada, mas Paulo Neves não falou mais sobre o assunto. 

A própria Prisa já assumiu, em assembleia de accionistas, que o seu perímetro de consolidação, em breve, poderá mudar, com possíveis vendas. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub