Automóvel Pedro de Almeida: "Procura pelo T-Roc já é superior à capacidade da Autoeuropa"

Pedro de Almeida: "Procura pelo T-Roc já é superior à capacidade da Autoeuropa"

O CEO da SIVA, o importador português das marcas do grupo Volkswagen, está confiante que o impasse na Autoeuropa será resolvido e o novo modelo fabricado em Palmela.
A carregar o vídeo ...
André Veríssimo e Rosário Lira
A importância do novo SUV para a estratégia da Volkswagen e o volume de produção previsto levam Pedro de Almeida a ter confiança na resolução do conflito laboral na Autoeuropa.

"Os SUV representavam em 2015 cerca de 17% do mercado, agora representam 23%. É um produto fundamental para a Volkswagen em toda a Europa, que vai ter uma procura fantástica e permitir à Autoeuropa fabricar mais carros do que alguma vez fabricou", afirmou o CEO da SIVA numa entrevista para o programa Conversa Capital, uma parceria entre a Antena 1 e o Negócios.

"Com base nesta lógica, não acredito que as questões com os trabalhadores não sejam resolvidas e que impeçam que isto aconteça", afiança Pedro Almeida.

O responsável pelo importador das marcas do grupo Volkswagen revelou que a procura pelo modelo é já bastante elevada: "Em toda a Europa a procura que cada um dos importadores estão a passar para a Volkswagen é superior aos níveis de produção que se prevêem que a Autoeuropa possa vir a ter."

"Os carros que vamos receber em Portugal são num volume bastante inferior àquilo que achamos que podemos vender", acrescentou.



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
lrammy 03.10.2017

Tenho pena dos coitadinhos da autoeuropa, agora têm que trabalhar ao sábado... coitadinhos. Já não têm tempo pá familia... lá lá lá. Cambada de gente parola. A comunada deveria ser extinta.... mas já começou. Os comunas e sindicalistas são uma escumalha. Nas eleições já começaram a perder camaras...

Pierre Ghost 01.10.2017

....isto é um aviso para a deslocalização da produção !!!! Vai uma aposta ???

Anónimo 01.10.2017

ainda conseguimos, todos, fazer melhor

General Ciresp 01.10.2017

A ser verdade q a procura supera a oferta a marca esta mal empregue em portugal.Sabemos todos q o comuna nao e catolico,de um momento para o outro passaram os trabalhadores(comunas) da empresa autoeuropa a serem amorosos q tem filhos aos fins de semana para tomarem conta e ir a missa ao domingo,raro

Saber mais e Alertas
pub