Desporto Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues apresentou esta terça-feira a sua candidatura à presidência do Sporting com o objectivo de debater o clube e constituir uma "alternativa" à liderança de Bruno de Carvalho.
Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting
Cofina Media
Lusa 27 de dezembro de 2016 às 21:38

Na conferência de imprensa de apresentação realizada numa unidade hoteleira de Lisboa, o ex-secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria considerou que "o modelo de gestão de Bruno de Carvalho está esgotado" e que o actual presidente do clube de Alvalade "não foi capaz de manter um projecto coerente e sustentável", após ter sido "importante" num determinado período.

 

"Limitamo-nos a navegar à vista e sem rumo. Para agravar o panorama, já de si perturbador, Bruno de Carvalho tem sido sinónimo de títulos, sim, mas para os nossos rivais", declarou o candidato à presidência dos 'leões', exigindo ainda "elevação e respeito" durante o período eleitoral.

 

Sem divulgar ainda os nomes da sua lista ou pormenores do seu projecto, Pedro Madeira Rodrigues vincou as principais linhas orientadoras da sua candidatura. "Quero que os meus filhos saibam o que é o Sporting campeão. Para lá chegarmos é preciso muito trabalho, rigor nas contratações e nas dispensas, aposta no ADN da formação e ecletismo nas modalidades", frisou.

 

Manifestando a sua convicção de que vai ser eleito presidente do Sporting no próximo mês de Março, o primeiro candidato às eleições 'leoninas' admitiu ainda restabelecer relações com os emblemas rivais, mas com o princípio de colocar "o Sporting na frente".

 

Questionado pela imprensa após o discurso de apresentação, Pedro Madeira Rodrigues garantiu contar com Jorge Jesus caso seja eleito presidente. "Jorge Jesus é o treinador do Sporting. Tudo farei para não prejudicar ou influenciar a carreira desportiva do Sporting. Tenho esperança de que ainda com Jorge Jesus seremos campeões esta época", explicou.

 

Paralelamente, o gestor de 45 anos mostrou vontade de construir uma candidatura agregadora de diferentes sensibilidades no clube, desvalorizando o aparecimento de potenciais novos candidatos. "Outra candidatura vai dividir votos e não vai ajudar a unir. Peço que se juntem a esta candidatura vencedora", frisou.

 

Pedro Madeira Rodrigues confessou ainda ter conhecido Bruno de Carvalho no processo eleitoral de 2011 e salientou a sua vontade de discutir o clube com o actual líder. "Conheci-o pessoalmente há seis anos. O que espero é que seja um debate a dois. Qualquer candidatura que surja depois da minha vai ajudar Bruno de Carvalho", rematou.

 

A questão de ser um presidente remunerado foi igualmente colocada a Pedro Madeira Rodrigues, que garantiu deixar essa decisão nas mãos dos sócios, sem deixar de lembrar que largou "tudo pelo clube" e que irá até ao fim com a sua candidatura.

 

Na apresentação da sua candidatura, Pedro Madeira Rodrigues contou com algumas figuras conhecidas do universo 'leonino', como Carmona Rodrigues, Zeferino Boal e Nuno Fernandes Thomaz, entre outros.

 

As eleições para a presidência do Sporting vão decorrer no próximo mês de Março, com a data formal a ser provavelmente anunciada no espaço de uma semana.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Discurso vazio. Regresso ao passado.

pub
pub
pub
pub